Estagiário do Nudem concorre ao 10º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero (DPRJ – 01/04/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Há quatro meses estagiando no Núcleo de Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem), o estudante do 5º período de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF), Hugo Gomes Ottati De Menezes, 20 anos, sentiu-se estimulado a se debruçar sobre as diferenças de gênero construídas e reproduzidas socialmente.

Apoiado e incentivado pela coordenadora do Nudem, defensora pública Arlanza Rebello, Hugo Gomes escreveu e inscreveu o artigo “As masculinidades e feminilidades nos ambientes de trabalho e a democratização da esfera privada” no 10º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, do Ministério da Ciência e Tecnologia, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, do Ministério da Educação e da ONU Mulheres.

Estagi�rio do Nudem concorre ao 10� Pr�mio Construindo a Igualdade de G�nero

Hugo Gomes escreveu e inscreveu o artigo “As masculinidades e feminilidades nos ambientes de trabalho e a democratização da esfera privada” no 10º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero (Foto: Divulgação)

 

“Nesses quatro meses que estou no Nudem venho adquirindo aprendizado e estímulo intensos. A experiência aqui foge do comum e me colocou numa posição de colaborador para romper o ciclo de violência contra a mulher. Essa vivência me impulsionou a produzir o artigo de dez laudas”, avalia o estagiário Hugo Menezes. Segundo ele, a coordenadora Arlanza Rebello e o professor orientador da UFF Éder Fernandes foram fundamentais para a realização do artigo e a inscrição no concurso.

O Prêmio tem como objetivos estimular e fortalecer a reflexão crítica e a pesquisa sobre as desigualdades existentes entre homens e mulheres no Brasil. Em seu artigo, Hugo Menezes aborda também as funções opressoras de adequação social, assim como a atuação dessas influências na vida das pessoas, que, segundo ele, normalmente, abrem mão de escolhas e opções pessoais, para evitar o enfrentamento da discriminação e do preconceito.

De acordo com Arlanza Rebello, o estagiário Hugo Menezes é um integrante da equipe do Nudem atencioso e interessado. “O Hugo entendeu a natureza do nosso trabalho e assumiu a importância da consciência de se lutar pelos direitos da mulher”, avalia Arlanza. O artigo do estagiário do Nudem está inscrito na Categoria Estudante de Graduação. Ele concorre ao prêmio de R$ 5 mil. Apenas dois candidatos serão declarados vencedores. A divulgação dos resultados ocorrerá no portal do Prêmio, até 29 de maio de 2015, no endereço eletrônico: www.igualdadedegenero.cnpq.br.

Acesse no site de origem: Estagiário do Nudem concorre ao 10º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero (DPRJ – 01/04/2015)