Estudantes de psicologia oferecem atendimento gratuito a mulheres vítimas de violência em Joinville (A Notícia – 10/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Grupo de apoio acontece todas as quartas-feiras na Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso

Uma parceria entre a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) e a Associação Catarinense de Ensino (Ace) está proporcionando atendimento psicológico às mulheres que foram vítimas de violência doméstica. O atendimento é prestado por estudantes do curso de psicologia na sede da delegacia. A psicóloga especializada da delegacia, Cristina Maria Weber, é a coordenadora do projeto e presta apoio ao projeto.

Além de ser uma oportunidade de aprendizado às alunas de psicologia, é uma forma de agilizar o atendimento às vítimas, pois os poucos profissionais que atuam na delegacia não dão conta de prestar esse tipo de atendimento a todos os casos da região Norte.

Conforme a delegada Tânia Harada, a vítima nem sempre consegue ser firme na decisão de denunciar o agressor e, muitas vezes, caba desistindo da denúncia. Em boa parte dos casos em que há desistência, a mulher continua sendo vítima dentro de casa. Por isso, o apoio psicológico é tão importante em que a violência ocorre dentro de casa.

De acordo com levantamento recente feito pela reportagem de “A Notícia” com base nos dados da Secretaria de Segurança Pública, 19 casos de violência contra mulheres foram registrados por dia entre 2012 e o primeiro semestre de 2014 em oito cidades da região Norte.

O grupo de apoio é aberto e gratuito, basta procurar a delegacia e se inscrever. O atendimento é em grupo e acontece todas as quartas-feiras, às 17 horas.

Serviço:
O que: grupo de apoio à mulheres vítimas de violência doméstica
Quando: todas as quartas-feiras
Horário: 17 horas
Onde: Delegacia de Proteção à Mulher, Criança, Adolescente e Idoso
Endereço: Rua Doutor Plácido Olímpio de Oliveira, 843 – Bucarein
Telefone: (47) 3433-9737

Schirlei Alves

Acesse no site de origem: Estudantes de psicologia oferecem atendimento gratuito a mulheres vítimas de violência em Joinville (A Notícia – 10/08/2015)