Feriado santo não freia violência no trânsito e contra a mulher em MS (Diário Digital – 03/04/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Ocorrência de trânsito e contra mulher tiveram maior número de registros

O feriado, apesar de intitulado santo, não impediu uma série de violências registradas até fim da manhã desta sexta-feira santa (3) pelo Mato Grosso do Sul. Entre os fatos mais relevantes registrados pelo sistema de Segurança do Estado, apontamos dois homicídios com três vitimas; um acidente de transito, seguido de omissão de socorro; dez casos de violência doméstica contra mulheres, e, dezenas de furtos na Capital e também no município de Três Lagoas. Cerca de 30 furtos na rua, comércio e residência foram registrados entre a madrugada e a manhã de hoje.

Em Dourados, por volta das 10 horas, Gilmar Ribeiro de Melo, 46 anos, foi vitima de um atropelamento na Avenida Marcelino Pires com a Rua Coronel Ponciano. Ele estava se deslocando com sua bicicleta na via quando foi atropelado por um veiculo Kombi, placa BFN-5743 de Dourados/MS. Entretanto, o condutor do veiculo, ignorou a vítima e evadiu-se em alta velocidade, tomando direção desconhecida. Populares acionaram o Serviço de Atendimento Médico (Samu), que encaminhou a vítima até a Unidade de Pronto Atendimento Médico (UPA). Gilmar apresentava escoriações nas mãos, pernas, braços e reclamava sentir dores pelo corpo.

No caso de violência contra a mulher, os ataques atingiram vitimas de diversas idades. Os fatos ocorreram entre uma jovem de 24 anos, no bairro Maria Leite de Corumbá, outra jovem de 21 anos a Rua Jesuíta, no centro de Camapuã. Já outras três senhoras foram agredidas. Uma de 39 anos em Costa Rica, na Rua Maria Garcia Gomes, no centro da cidade; outra de 41 anos, no bairro Egídio Ribeiro em Maracaju, e, na Capital, um caso com uma senhora de 43 anos, abriu as ocorrências por volta das 0h40, registradas na Casa da Mulher Brasileira.

A parte mais violenta com mortes, vitimando três pessoas, ocorreu em família nos municípios de Glória de Dourados e Paranaíba. O primeiro homicídio doloso foi contra Genilson Moreira Montalvani, 22 anos, que foi cometido pelo irmão Joilson Montalvani, 20 anos. O jovem foi preso em flagrante em Gloria de Dourados, por volta das 3 horas na rua Tuna, no centro da cidade. Já em Paranaíba, outro homicídio doloso, vitimou Maeri Jesuina Rosa, 32 anos e Tilbergue Ribeiro da Silva, 28 anos. Eles foram vitimas de Denilson Macahdo Faria,43 anos na rua Maria Candida de Freitas do bairro Santa Luzia.

Lúcio Borges

Acesse no site de origem: Feriado santo não freia violência no trânsito e contra a mulher em MS (Diário Digital – 03/04/2015)