Força-tarefa da Corregedoria junto ao Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a mulher do Foro Central de Curitiba tem relevantes impactos na prestação jurisdicional (TJPR – 11/10/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Há pouco mais de 2 meses, estão atuando junto ao Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher do Foro Central de Curitiba tanto a força-tarefa de Magistrados (6 Juízes) quanto a de Servidores (2 Técnicas Judiciárias).

Quanto à atuação dos Magistrados, desde 18/07/2016 (período de pouco mais de dois meses) já foram proferidas 532 sentenças, 2.650 despachos e 2.495 decisões, totalizando atuação em 5.677 feitos, pelos Juízes de Direito Adriano Vieira de Lima, Carolina Delduque Sennes Basso, Ernani Mendes Silva Filho, Fernando Augusto Fabricio de Melo, Mauricio Pereira Doutor e Michela Vechi Saviato.

No que diz respeito às Servidoras, Jakssely Ramthun e Danielle Stocco Hunzicker Sangiorge iniciaram suas atividades na supramencionada Unidade Judicial em 01/06/2016. Desde então já auxiliaram no arquivamento de 3978 feitos físicos pendentes, incluindo inquéritos policiais, medidas protetivas e ações penais, o que demandou inclusive correções nos cadastros dos sistemas judiciais, e na destinação de 57 fianças ao FUNREJUS, com valor aproximado de R$ 28.500,00. Realizaram, também, a triagem de 2.500 medidas protetivas e estão, atualmente, trabalhando no arquivamento de ações penais (cerca de 2.000).

Acesse no site de origem: Força-tarefa da Corregedoria junto ao Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a mulher do Foro Central de Curitiba tem relevantes impactos na prestação jurisdicional (TJPR – 11/10/2016)