Frente de combate ao feminicídio é lançada em Teresina (GP1 – 25/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Feminicídio é o crime de homicídio contra a mulher, pelo simples fato desta, ser mulher.

O Núcleo das Promotorias de Justiça do Tribunal do Júri lançou na manhã desta quarta-feira (25), data em que se comemora o Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, a Frente de Combate ao Feminicídio na sede da Procuradoria- Geral de Justiça do Estado do Piauí.

De acordo com o coordenador do núcleo das Promotorias do Tribunal do Júri, Ubiraci Rocha, dentro do Ministério Público atuam duas promotorias que cuidam da defesa da mulher, uma que trabalha com a Lei Maria da Penha, e as Promotorias do Júri, que tratam do feminicídio, crime de homicídio contra a mulher, pelo simples fato desta, ser mulher.

Promotor Ubiraci Rocha(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Promotor Ubiraci Rocha (Foto: Lucas Dias/GP1)

“Nós temos dentro do âmbito do ministério Publico duas promotorias que cuidam efetivamente da defesa da mulher, uma que trabalha com a Lei Maria da Penha e as Promotorias do Júri, que tratam da questão da mulher enquanto vítima de homicídio. O feminicídio nada mais é do que uma qualificadora de crime de homicídio. Essa qualificadora se dá na medida em que a mulher é vitimada do homicídio pela condição de ser mulher, e que esse crime tenha ocorrido no âmbito doméstico ou familiar”, esclareceu ao GP1.

A Subprocuradora-Geral de Justiça, Zélia Saraiva Lima também esteve no lançamento do evento e assegurou o Feminicídio como crime hediondo. “Estamos aqui para declarar nosso repudio a todo tipo de abuso seja ele físico ou psicológico. Lamentavelmente ainda são frequentes que reportam o assassinato das mulheres por seus companheiros, quase sempre com requintes de crueldade. Isso decorre de uma cultura machista, que iguala a mulher a um objeto, a uma propriedade. De fato o feminicídio é a instancia última de controle da mulher pelo homem”, destacou.

Subprocuradora geral de justiça Zélia Saraiva Lima(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Subprocuradora geral de justiça Zélia Saraiva Lima (Foto :Lucas Dias/GP1)

Estão juntas na missão de enfrentar esse tipo de crime, além do Ministério Público, a Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil e a Secretaria de Segurança. Estudantes da Unidade Escolar Gervásio Costa abriram a programação apresentando uma peça teatral sobre as consequências da violência contra a mulher. Em seguida, um curta-metragem produzida pelos alunos do Liceu Piauiense, que trata da aplicação da Lei Maria da Penha, foi apresentada.

Apresentação da campanha sobre a violência contra a mulher(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Apresentação da campanha sobre a violência contra a mulher (Foto: Lucas Dias/GP1)

Campanha sobre o feminicídio(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Campanha sobre o feminicídio (Foto: Lucas Dias/GP1)

Geórgia Nunes e Delegada Vilma(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Geórgia Nunes e Delegada Vilma (Foto: Lucas Dias/GP1)

Delegada Vilma(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Delegada Vilma (Foto: Lucas Dias/GP1)

Mesa de honra do lançamento da Frente de combate ao feminicídio(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Mesa de honra do lançamento da Frente de combate ao feminicídio (Foto: Lucas Dias/GP1)

Vereadora Rosário Bezerra(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Vereadora Rosário Bezerra (Foto: Lucas Dias/GP1)

Promotor Francisco de Jesus(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Promotor Francisco de Jesus (Foto: Lucas Dias/GP1)

Raisa Brito e Bruna Dias

Acesse no site de origem: Frente de combate ao feminicídio é lançada em Teresina (GP1 – 25/11/2015)