Frente Parlamentar dos Direitos da Mulher do Ceará destaca visitas às delegacias (ALCE – 22/01/2014)

Novos convênios com universidades estaduais e a continuidade da série de visita aos equipamentos públicos voltados às mulheres fazem parte das atividades da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa. “Vamos dar continuidade ao trabalho de fiscalização dos equipamentos como delegacias e hospitais e de convênios que nos ajudaram a atuar de maneira mais abrangente. Atualmente, temos convênio com a Universidade Estadual do Ceará”, observou a vice-presidente da Frente, deputada Eliane Novais (PSB). Para a parlamentar, a Frente atuou ativamente em 2013. “Concentramo-nos nas visitas às delegacias especializadas e vamos manter um bom ritmo de trabalho este ano”, assinalou.

Presidida pela deputada Fernanda Pessoa (PR), a Frente promoveu, em 2013, palestras, seminários e audiências públicas. Entre as atividades, destacam-se as visitas técnicas realizadas às delegacias de Defesa da Mulher do Estado. “Nós sabemos que a violência contra a mulher normalmente acontece depois das 19 horas e aumenta nos fins de semana, quando as delegacias especializadas estão fechadas. É importante que a vítima faça a denúncia na Delegacia da Mulher, assim o caso fica junto com outros processos semelhantes”, disse Fernanda Pessoa.

Ao todo, foram visitadas seis delegacias, em Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Iguatu, Crato e Juazeiro do Norte. A Frente elaborou um relatório sobre o que encontrou nas unidades e a pior situação encontrada foi na Capital, onde a estrutura e o número de profissionais são insuficientes. O levantamento mostrou um diagnóstico da situação atual dos equipamentos e uma série de recomendações ao Poder Executivo, com o intuito de aperfeiçoar e qualificar o atendimento às vítimas. O documento foi entregue ao secretário de Segurança Pública do Ceará, Servilho de Paiva.

Fernanda Pessoa destacou também a importância da promoção da campanha ‘Outubro Rosa’, promovida anualmente pela Assembleia Legislativa, por meio da Frente, para alertar sobre o câncer de mama e a sua prevenção. “O câncer de mama é a segunda doença que mais mata mulheres brasileiras. Coma adesão da campanha por mais de 80 municípios cearenses, houve um crescimento de 37% no número de mamografias realizadas no Estado, o que reflete as ações de conscientização para a realização de prevenção e da importância do diagnóstico precoce”, observou.

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres foi criada em março de 2012, a partir de uma proposta da deputada Eliane Novais. “A Frente visa mobilizar parlamentares na busca por projetos e ações que contribuam com a afirmação dos direitos civis, políticos e sociais das mulheres. Somente a partir da presença feminina na política é que as desigualdades de gênero acabarão”, pontuou.

YI/AT

Acesse no site de origem: Frente Parlamentar dos Direitos da Mulher destaca visitas às delegacias (ALCE – 22/01/2014)