Gestoras e TJRS discutem instalação de juizado de violência doméstica (Pref. São Leopoldo – 14/05/2014)

Gestores e judiciários debatem a instalação de juizado especializado em São Leopoldo (Foto: TJRS)

Gestores e judiciários debatem a instalação de juizado especializado em São Leopoldo (Foto: TJRS)

A Secretaria de Políticas para Mulheres de São Leopoldo (Sepom) e demais gestoras do Vale do Sinos estiveram reunidas com membros do Tribunal de Justiça do Rio Grande de Sul, no dia 8 de maio, para discutir a implantação da vara especializada em violência doméstica no município. A reunião ocorreu no Palácio de Justiça do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

De acordo com a diretora de políticas de prevenção da Sepom, Adriane Borges, houve um diálogo sobre a instalação do juizado de violência doméstica em São Leopoldo e a criação nos municípios de Sapucaia do Sul e Esteio. “O Tribunal nos mostrou que está a par dos índices de violência doméstica na nossa região. Eles estão empenhados em trazer a vara especializada o quanto antes”, explica Adriane. A implantação em São Leopoldo está prevista para 2015.

Estiveram presentes o desembargador Francesco Conti, o corregedor-geral Tasso Caubi Soares Delabary, juiz-corregedor coordenador Ricardo Schimidt, o juiz-corregedor Antônio Ceccato.

Acesse no site de origem:  Gestoras e TJRS discutem instalação de juizado de violência doméstica (Pref. São Leopoldo – 14/05/2014)