Governo lança campanha e aplicativo para coibir violência contra mulheres (G1/Política – 23/05/2014)

Propaganda na TV terá as atrizes Luana Piovani e Sheron Menezzes. Aplicativo de celular contém informações instruções para atendimento

A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, no lançamento da campanha Violência Contra as Mulheres (Foto: Weldson Medeiros/G1)

A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, no lançamento da campanha Violência Contra as Mulheres (Foto: Weldson Medeiros/G1)

A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), Eleonora Menicucci, lançou nesta quinta-feira (22) a campanha Violência Contra as Mulheres – Eu Ligo. A campanha visa incentivar pessoas que presenciarem algum tipo de agressão a fazer as denúncias por meio do da central de atendimento, Disque 180. O projeto é idealizado pela SPM, com apoio dos ministérios das Cidades e Turismo.

No evento, a ministra disse que não é mais possível que a sociedade brasileira fique omissa no combate à violência contra as mulheres. E faz um apelo para que as pessoas denunciem os casos.

“Não é mais possível no Brasil, que nós não tenhamos o compromisso com a eliminação da violência contra as mulheres e crianças […] Peço que a sociedade abrace a luta contra a violência contras as mulheres e denuncie”, disse a ministra.

Durante o lançamento foi exibido o vídeo publicitário, que será transmitido a partir da próxima segunda-feira (25), em que as atrizes Luana Piovani e Sheron Menezzes incentivam a população a denunciar os casos de violência doméstica.

Estava previsto no evento a presença da atriz Luana Piovani, mas ela não compareceu e enviou uma mensagem em vídeo afirmando estar feliz com a inciativa de promover o combate a violência contra a mulher.

Na ocasião, Eleonora Menicucci lançou também o aplicativo para celular, Clique 180, uma nova opção para que a sociedade busque informações e possam fazer as denúncias dos casos de agressão presenciados. Para a ministra o aplicativo “é o maior passo para luta da violência contra as mulheres”.

O aplicativo é fruto de uma parceria entre a ONU Mulheres do Brasil, SPM e a Embaixada Britânica. A ferramenta permite aos usuários obter informações sobre os tipos de violência contra as mulheres; dados e localização dos serviços da Rede de Atendimento; explicação com linguagem de fácil compreensão sobre a Lei Maria da Penha; ferramenta colaborativa para mapear os locais das cidades que oferecem risco às mulheres; e um link direito com a central do Disque 180.

De acordo com a SPM, o aplicativo já está disponível nas lojas virtuais dos smartphones com sistemas operacionais, iOS e Android. O Clique 180 está também na internet, no endereço www.clique180.org.br, com as mesmas funções e informações.

A representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman, disse que o aplicativo é pioneiro na América Latina e pode ser um exemplo para outros países de mecanismos para o combate a violência contra as mulheres.

“O aplicativo chega vai mãos das brasileiras e todas as pessoas. É uma tecnologia pioneira na América Latina e pode incentivar outras nações para combate da violência contra as mulheres”.

Para Nadine, a ferramenta virtual vai auxiliar o Disque 180 na orientação das pessoas e denúncias de casos de violência contra as mulheres. “[O disque 180 e Clique 180] chegarão onde as mulheres precisam de atendimento. O Disque 180 é um canal e um instrumento para que as pessoas podem fazer uso para reconstruir suas vidas. Por meio das novas tecnologias, a criação do Clique 180 será uma ferramenta que vai ajudar o disque denúncia”.

Acesse no site de origem: Governo lança campanha e aplicativo para coibir violência contra mulheres (G1/Política – 23/05/2014)