Governo quer ação para diminuir violência contra a mulher no Brasil (Jovem Pan – 09/11/2013)

A violência contra a mulher ainda é muito comum no Brasil e governo prepara medidas para reduzir índices. Nesta semana, o Senado designou comissão especial para monitorar casos de violência cometidos contra o sexo feminino.

A mobilização dos parlamentares ganhou força depois de um episódio lamentável registrado em Goiás. A operadora de caixa Mara Rúbia Guimarães teve os dois olhos perfurados com uma faca de cozinha pelo ex-marido.

Recentemente, a presidente Dilma Rousseff disse que o governo deve se esforçar para ampliar a cobertura do atendimento desses casos. Em entrevista à apresentadora JOVEM PAN Patrícia Rizzo, a secretária Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves, traçou um perfil do problema no país.

*Clique aqui para ouvir os detalhes no áudio

A operadora de caixa Mara Rúbia Guimarães, que teve os olhos perfurados pelo ex-marido, conseguiu a guarda do filho de 7 anos. O juiz de direito da comarca de Corumbá de Goiás, Levini Raja Artiaga, disse que agora o caso está encerrado.

No Anuário Brasileiro de Segurança Pública, também há destaque negativo em relação ao crescimento da violência contra a mulher. A presidente Dilma afirmou que pretende unir governo federal, governo do estado, Justiça e todas as estruturas que coíbem a questão.

Ela destacou as varas especiais e delegacias da mulher, através das parcerias com os estados e todas as estruturas do Ministério Público. A presidente acredita que é necessária resposta de apoio para reprimir a violência e que as denúncias devem levar a processos judiciais, como forma de dar efetividade.

Acesse no site de origem: Governo quer ação para diminuir violência contra a mulher no Brasil (Jovem Pan – 09/11/2013)