Homem é condenado a 27 anos de prisão por sequestrar e assassinar colega de trabalho em Ubiratã (MPPR – 05/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Tribunal do Júri de Ubiratã, no Centro Ocidental paranaense, condenou um homem a 27 anos e oito meses de prisão pelos crimes de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, asfixia e impossibilidade de defesa da vítima), sequestro e ocultação de cadáver. O réu era colega de trabalho da vítima – uma mulher de 25 anos na época dos fatos. O júri aconteceu na última quinta-feira, 1º de setembro.

Leia mais: Homem é condenado a 27 anos de prisão por sequestrar e assassinar colega de trabalho (JusBrasil – 05/09/2016)

De acordo com a Promotoria de Justiça, os crimes ocorreram em 3 de junho de 2014, no município de Ubiratã, quando o autor sequestrou a vítima, sob a alegação de que concederia a ela uma carona para o trabalho. Durante o trajeto, o homem mudou a rota, conduzindo o veículo até as proximidades da ponte do Rio Piquiri. No local, a vítima foi obrigada a se despir e a praticar atos libidinosos, mediante ameaças e violência física, enquanto era filmada. Em seguida, foi morta por asfixia e teve o corpo esquartejado e encontrado dias depois nas águas do Rio Carajá.

A sessão do Tribunal do Júri foi realizada das 8 às 22 horas.

Acesse no site de origem: Homem é condenado a 27 anos de prisão por sequestrar e assassinar colega de trabalho em Ubiratã (MPPR – 05/09/2016)