Homem que matou idosa de forma brutal é condenado a 27 anos (TJRO – 01/07/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Clelton Ramos Sousa foi condenado nessa quinta-feira, 30, a 27 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado, por matar, estuprar e furtar Marluce de Brito Luna, de 61 anos.
O acusado teria construído uma cerca para a vítima e, na época, acabou se envolvendo com ela. Porém, Marluce, temendo sofrer censuras devido à grande diferença de idade entre ambos, teria posto um fim no caso. Inconformado, Clelton, na noite do crime, passou na casa da vítima e tentou insistentemente convencê-la a abrir a porta. Não admitindo ser rejeitado, Clelton entrou à força, pelo telhado, dando início a sequência dos crimes;

Consta nos autos que o crime foi praticado mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, pois Clelton apertou o pescoço dela para impedi-la de continuar gritando e a arrastou até um local afastado, ermo, em meio a uma mata, onde ela não pudesse ser vista, ouvida e socorrida. Assim que Clelton chegou próximo um igarapé, a despiu e, mediante violência, teve relações sexuais com ela. Em seguida a espancou até a morte.

Juri

Após praticar os dois crimes, pegou todo dinheiro que havia na carteira dela, cerca de quinhentos reais. Segundo o laudo tanatoscópico, Marluce de Brito Luna, morreu com traumatismo craniano, em virtude do espancamento brutal que sofreu.

Assessoria de Comunicação Institucional

Acesse no site de origem: Homem que matou idosa de forma brutal é condenado a 27 anos (TJRO – 01/07/2016)