Homem que matou mulher e incendiou casa é condenado a 21 anos e prisão (R7 – 10/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Kátia Cristina foi assassinada com 16 facadas quando carregava seu bebê no colo em 2014

Após momentos de grande comoção, terminou na noite desta terça-feira (10) o julgamento de Julimar César Horácio, acusado de assassinar a ex-esposa Kátia Cristina em junho de 2014 com 16 facadas, quando ela estava com a filha de cinco meses no colo. Em seguida, ele colocou fogo no corpo e na casa.

Kátia Cristina deixou três filhos Arquivo Pessoal

Kátia Cristina deixou três filhos Arquivo Pessoal

O júri considerou o réu culpado da acusação de homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, sem chance de defesa da vítima e mediante uso de meio cruel para cometer o crime. A juíza Renata Mahalem da Silva Teles condenou ele a 12 anos de reclusão, aumentando a pena para 21 anos e 4 meses por causa dos agravantes.

O momento mais emocionante do júri foi o depoimento da filha mais velha, Cristina, hoje com 21 anos, que relatou que no dia do crime pediu para a mãe não atender ao chamado do ex marido e chegou a gravar a conversa que teve com ela. Kátia, porém, respondeu para a filha que precisava ir e disse para ela: “Hoje eu vou para o céu ou para o inferno”.

Foi a última vez que Kátia foi vista com vida pela família.

O assassinato ocorreu na casa do ex-marido e, segundo a advogada da família, Patrícia Vega, “Julimar agiu com tamanha crueldade que as facadas quase deceparam a cabeça da vítima, que ficou presa apenas por uma parte da coluna cervical”.

Acrescentou que as consequências para a família de Kátia se alastram até hoje, já que ela tinha três filhos, Cristina na época com 21, Felipe com 16 e K. de 5 meses, esta última fruto do relacionamento com Julimar. A filha mais velha teve que largar os estudos para assumir a guarda e sustento dos irmãos mais novos. “Hoje ela é a cabeça da família”, conclui.

Julimar deverá cumprir a pena em regime fechado.

Lumi Zúnica, especial para R7

Acesse no site de origem: Homem que matou mulher e incendiou casa é condenado a 21 anos e prisão (R7 – 10/08/2016)