Inscrições abertas para a 3ª edição do Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos, até 08 de outubro

As inscrições para a 3ª edição do Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos já estão abertas. Promovida pela Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), a premiação é aberta ao público de todo o país e visa promover um mergulho no amplo universo da Cidadania, na defesa do direito à vida, à liberdade, ao respeito, à igualdade e à segurança. Serão distribuídos mais de 60 mil reais para os vencedores das três categorias. As inscrições podem ser feitas até 8 de outubro, através do site www.amaerj.org.br/premio. A premiação acontecerá que no Theatro Municipal do Rio, em 17 de novembro.

Na categoria “Redações dos Alunos do Ensino Fundamental” o tema é “Brasil, Cidadania e Direitos Humanos”. Nas categorias “Trabalhos Acadêmicos” e “Práticas Humanísticas” o tema é “Educação e Direitos Humanos: A pessoa em primeiro lugar”. Curta no Facebook: https://www.facebook.com/premiopatriciaacioli

Esta edição conta com a campanha “Vista a Camisa dos Direitos Humanos”. Diversos autoridades e artistas aderiram ao Prêmio. Vestiram a camisa da premiação a ministra Ideli Salvatti; o cardeal Dom Orani Tempesta; a bailarina Ana Botafogo; a apresentadora Xuxa Meneghel; os atores Giovanna Antonelli, Mateus Solano e Guilhermina Guinle; o cartunista Ziraldo; o dançarino Carlinhos de Jesus, entre outros.

3ª Edição

Fim das inscrições: 8 de outubro, às 18 horas – www.amaerj.org.br/premio

Cerimônia de premiação: 17 de novembro, às 19 horas – Theatro Municipal

Categorias

Redações dos Alunos do Ensino Fundamental: “Brasil, Cidadania e Direitos Humanos” (Escolas municipais do Rio de Janeiro)
3 primeiros colocados: Computador de modelo tablet

Trabalhos Acadêmicos: “Educação e Direitos Humanos: A pessoa em primeiro lugar” (Aberto ao público de todo o país)
1º Lugar: R$ 15.000,00 | 2º Lugar: R$ 10.000,00 | 3º Lugar: R$ 5.000,00

Práticas Humanísticas: “Educação e Direitos Humanos: A pessoa em primeiro lugar” (Aberto ao público de todo o país)
1º Lugar: R$ 15.000,00 | 2º Lugar: R$ 10.000,00 | 3º Lugar: R$ 5.000,00

Prêmio

Criado em 2012, pela Amaerj, com o apoio do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, o Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos homenageia a magistrada da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, assassinada em Piratininga, Niterói, em agosto de 2011, e enfatiza as causas humanistas. O Prêmio tem um caráter plural, é aberto à sociedade, estudantes e profissionais de todas as áreas.

O Prêmio é patrocinado por Vale, Bradesco, Firjan, Rio Ônibus e Fetranspor. Também apoiam a premiação a Fundação Xuxa Meneghel, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro e o Movimento Gabriela Sou da Paz.

Cerimônia de encerramento

A solenidade de premiação acontecerá no Theatro Municipal do Rio, em 17 de novembro, às 19 horas. A cerimônia será dirigida pela presidente da Fundação Theatro Municipal, Carla Camurati. Diversas atrações musicais surpreenderão o público.