Itaipu, Vale, BB e Correios também promovem atividades nos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres

A coordenadora do Programa de Equidade de Gênero de Itaipu, Maria Helena Guarezi, informou que no dia 20 de novembro a empresa promoveu o lançamento dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher com a abertura da exposição ‘A paz começa em casa’. Montada numa praça no Centro do município de Foz do Iguaçu (PR), em parceria com a Prefeitura local e o Centro de Referência de Atendimento à Mulher, a exposição funcionará até o dia 10 de dezembro e o espaço replica uma residência onde são expostas ilustrações sobre os tipos de violência mais comuns contra mulheres e crianças e informações sobre como enfrentar o problema. Durante o período da campanha, o Centro de Referência de Atendimento à Mulher e a Delegacia de Defesa da Mulher prestarão orientações à população.

JIEA partir do dia 25, os 28 veículos da frota de transporte de empregados da empresa foram adesivados com uma peça publicitária de divulgação do Ligue 180. Os meios de comunicação interna da empresa também passaram a publicar o banner da iniciativa, assim como os ônibus e seis vans da frota de transportes municipal.

Na mesma data, os funcionários da Itaipu receberam mensagens informativas sobre o aplicativo para smartphones e celulares Clique 180, desenvolvido pela ONU Mulheres em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR).

A empresa informa ainda que serão realizadas atividades nos dias 6 e 10 de dezembro, como parte da campanha de enfrentamento à violência contra a mulher, e que patrocina um concurso realizado pelo Núcleo de Promoção à Igualdade de Gênero do Ministério Público do Paraná, com o objetivo de promover uma reflexão entre operadores do Direito sobre a problemática da violência contra as mulheres.

arteBB_16dias2014FacebookCORREIOS_25novembro2014O Banco do Brasil, no dia 19 de novembro, divulgou uma arte em referência à Lei Maria da Penha e ao Ligue 180: Central de Atendimento à Mulher. Os Correios também divulgaram artes alusivas ao tema nas suas redes sociais.

Também no dia 19, a Vale realizou uma palestra no canteiro do S11D, projeto em implantação no município de Canaã dos Carajás, sudeste do Pará. O evento contou com a presença da farmacêutica-bioquímica Maria da Penha Fernandes e da promotora Crystina Michiko Taketa Morikawa, titular da Promotoria de Justiça de Canaã dos Carajás, e do prefeito da cidade, Jeová Andrade. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério Público do Pará, os crimes de violência doméstica representam cerca de 28% dos flagrantes registrados entre janeiro e outubro deste ano.

 Luciana Araújo
Portal Compromisso e Atitude pela Lei Maria da Penha