Judiciário lança programa Ronda da Família em Maracanaú (TJCE – 12/06/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O lançamento do Ronda da Família, nesta sexta-feira (12/06), no Fórum de Maracanaú, reuniu magistrados, promotores, defensores públicos, autoridades policiais e representantes da rede de proteção à mulher. O programa, coordenado pela juíza Janayna Marques de Oliveira e Silva, titular da 3ª Vara Criminal da Comarca, tem o objetivo de acompanhar mulheres vítimas de violência que estão sob proteção judicial.

Segundo a magistrada, existem 258 medidas protetivas em andamento na Comarca. “Além de monitorar o efetivo cumprimento das medidas, a iniciativa amplia o raio de ação ao incluir toda a rede de proteção, composta por polícia militar, guarda municipal, Secretaria de Assistência Social, Alcoólicos Anônimos, Delegacia e Conselho da Mulher. Nossa intenção é trabalhar para quebrar o ciclo de violência e contribuir para a construção de uma sociedade mais saudável, disse”.

Juíza Janayna Marques de Oliveira e Silva, titular da 3ª Vara Criminal, está à frente do programa em Maracanaú (Foto: Karine Wanessa/ TJCE)

Juíza Janayna Marques de Oliveira e Silva, titular da 3ª Vara Criminal, está à frente do programa em Maracanaú (Foto: Karine Wanessa/ TJCE)

Na ocasião, também foram apresentados os integrantes do programa Ronda da Família. Serão dois policiais militares e dois guardas guardas municipais, além de um servidor da 3ª Vara Criminal. Eles receberam treinamento sobre a Lei Maria da Penha e técnicas de mediação de conflitos. “O Ronda da Família tem um perfil diferenciado para tratar a questão da violência doméstica. Queremos ser um referencial na redução desse tipo de violência, que provoca a desestruturação familiar e se torna porta para outros problemas sociais”, declarou o comandante da Guarda Municipal, Wilson Gomes Cavalcante.

A soldado PM Lidiane Vasconcelos é uma das integrantes do Ronda da Família. Ela disse que o fato de ser mulher ajuda no contato com as vítimas e na criação de um vínculo de confiança. “Fiquei muito feliz em participar do programa e poder contribuir ativamente no combate a esse tipo de violência”, afirmou.

A delegada Valeska Basílio Feijó, titular da Delegacia da Mulher da Comarca, explica que as visitas aos lares das vítimas vão acontecer semanalmente ou quando for necessário. Os agressores também serão acompanhados por assistentes sociais e encaminhados a projetos sociais.

Dados do Governo do Estado apontam que Maracanaú é o quinto município em número de ocorrências envolvendo violência contra a mulher (435), e o sexto em número de inquéritos instaurados (95).

Acesse no site de origem: Judiciário lança programa Ronda da Família em Maracanaú (TJCE – 12/06/2015)