Juiz de Bom Jesus marca julgamento do estupro coletivo e ouvirá vítima (Cidade Verde – 23/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O juiz de Bom Jesus, Heliomar Rios Ferreira, marcou para o dia 12 de julho, uma terça-feira, a audiência e julgamento do caso de estupro coletivo contra a jovem de 17 anos.

O crime ocorreu no dia 20 de maio em Bom Jesus, cidade a 634 km de Teresina. A jovem foi encontrada seminua e amordaçada com a própria roupa em uma obra em construção no centro da cidade. Cinco pessoas são suspeitas de participarem do estupro coletivo –quatro são adolescentes entre 15 e 17 anos e um rapaz de 18 anos. Os adolescentes foram soltos pela Justiça e o maior continua preso no presídio do município.

Leia mais: Quatro adolescentes serão julgados por estupro coletivo em Bom Jesus (180 Graus – 26/06/2016)

A promotora Gabriela Almeida Santana comunicou que irá continuar no caso de Bom Jesus, mesmo respondendo por São Raimundo Nonato e Pimenteiras.

Na audiência, o juiz ouvirá a vítima, além das testemunhas da acusação, as de defesa, haverá o interrogatório e as alegações finais.

“No mesmo dia o juiz poderá dar a sentença ou deixará para depois. Nossa tese é que houve estupro coletivo com a participação dos cinco suspeitos”, afirmou a promotora.

Exame de DNA

Gabriela Santana disse que não há certeza se no dia do julgamento haverá o resultado do exame de DNA. O teste foi encaminhado a um laboratório da Paraíba e será fundamental para elucidar o crime em Bom Jesus.

O juiz Heliomar Rios já ouviu os quatro adolescentes no Fórum da cidade e eles negaram participação.

Flash Yala Sena

Acesse no site de origem: Juiz de Bom Jesus marca julgamento do estupro coletivo e ouvirá vítima (Cidade Verde – 23/06/2016)