Juíza de Pedreiras/MA faz audiência sobre violência doméstica na casa de vítima

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A juíza Larissa Tupinambá Castro, titular da 3ª Vara de Pedreiras, colocou em prática a ideia de que a Justiça deve estar em todos os lugares. E ao pé da letra. Na quarta-feira (18), a magistrada saiu do gabinete, acompanhada de servidores, e foi até a casa de uma mulher vítima de violência doméstica realizar uma audiência na Vila Dr. Walber. A mulher teria sido ameaçada de morte pelo próprio filho e está impossibilitada de se locomover por problemas de saúde. A ação realizada pela juíza fez parte da Semana da Justiça Pela Paz em Casa, realizada pelo Poder Judiciário.

De acordo coma denúncia do caso em questão, o acusado seria viciado em substâncias entorpecentes e constantemente faz ameaças a familiares. No dia do acontecimento, J. L. P. teria empurrado a própria avó, que não apresentou hematomas. Em seguida, ele saiu da casa da avó e no caminho próximo ao Posto do Chacal J. L. encontrou a mãe C. A. quando pediu que ela entregasse a chave da casa. Ela disse que não daria e ele afirmou que estava armado, ameaçando-a de morte.

Apesar das ameaças ela chamou a polícia, que conduziu o acusado até a delegacia. Lá, ele negou que tivesse feito ameaças à mãe, mas testemunhas afirmaram que ele ameaça todos os familiares dele. “Os parentes de J. L. vivem com as casas trancadas com medo dele e que J. L. ameaçou e xingou a mãe”, afirmou uma testemunha.

“Este caso é um típico de episódio de violência doméstica onde o agressor se volta contra a família, agredindo mãe e avó para conseguir dinheiro para sustentar o vício. Todos estavam impossibilitados, por problemas de saúde, de comparecerem ao fórum e prestar depoimento. Para garantir a coleta da prova e a efetividade da Justiça nos deslocamos até a residência. Entendemos que só assim a verdade real aparece e os elementos de convicção não se perdem, já que a burocracia não pode emperrar o funcionamento do Judiciário”, disse Larissa Tupinambá.

Justiça Pela Paz em Casa – A V Semana Nacional Justiça pela Paz em Casa acontece até o dia 19 de agosto, em todos os tribunais do país, período em que serão priorizadas ações judiciais que tenham como vítima ou partes interessadas mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. A corregedora-geral, desembargadora Anildes Cruz, assegurou o empenho e participação dos juízes do estado, não apenas durante a semana, na priorização das ações e combate à violência contra a mulher. “Estamos comprometidos em diminuir o atraso nos processos e o acervo que envolva mulheres vítimas de violência”, declarou.

A abertura do evento no Maranhão contou com a presença da vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lucia, idealizadora da campanha, da presidente da Coordenadoria da Mulher do TJMA (CEMulher), desembargadora Ângela Salazar, e do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, entre outras autoridades e representes dos governos estadual e municipal.

Acesse no site de origem: Juíza de Pedreiras faz audiência sobre violência doméstica na casa de vítima (TJMA – 18/08/2016)