Juizado da Violência Doméstica da Comarca de Santana inicia círculos de diálogo na Associação Nossa Família (TJAP – 18/03/2015)

A equipe do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Santana, que tem como titular a juíza de Direito Michelle Farias, esteve na entidade filantrópica “Nossa Família”, que atende mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade social no município, e dentre outros serviços realiza acompanhamento de mulheres de baixa renda no pré-natal.

-santana circulosNa visita foi apresentado o projeto Círculos Restaurativos de diálogos, que se realizará nas dependências daquela instituição, uma vez por mês, com a direção da equipe psicossocial do Juizado e membros de outros órgãos da rede de atendimento a mulher.

A juíza Michelle Farias declarou que o projeto tem como finalidade divulgar a Lei 11.340/2006, conhecida popularmente como Lei Maria da Penha e contribuir para a reflexão e o fortalecimento de cada mulher, bem como possibilitar o desenvolvimento de relações mais saudáveis.

O centro também faz o acompanhamento da saúde das crianças até completarem cinco anos de idade. Caso apresentem problemas de saúde como hipertensão e diabetes, as gestantes são monitoradas por médicos especializados, e recebem medicamentos prescritos pelos profissionais e uma orientação de seu modo de utilização.

Em novembro do ano passado a Associação Nossa Família completou 20 anos de atuação no Estado do Amapá, no Brasil o Centro existe somente no município de Santana.

Texto: Hugo Reis

Colaboração: Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Santana

Acesse no site de origem: Juizado da Violência Doméstica da Comarca de Santana inicia círculos de diálogo na Associação Nossa Família (TJAP – 18/03/2015)