Juizado da Violência Doméstica de Santana realiza blitz educativa de combate à violência contra a mulher (TJAP – 07/10/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Em mais uma atividade em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha, o Juizado da Violência Doméstica da Comarca de Santana realizou blitz educativa em frente ao Fórum da cidade. A ação vem contribuir para a erradicação desse fenômeno social que é a violência contra o gênero feminino no âmbito doméstico na sociedade brasileira.

blitzviolencia 1A equipe do Juizado e o seu núcleo de parceiros como: Comissariado da Infância e Juventude, Centro de Referência à Mulher (CRAM), Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), Centro de Atendimento à Mulher e à Família (CAMUF), Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas do MP-AP, Delegacia de Crimes Contra a Mulher de Santana (DCCMS), fizeram a distribuição de folders, adesivaram veículos e entregaram cartazes com mensagens de combate à violência doméstica.

Segundo a juíza Michelle Farias, que atua como titular do Juizado há três anos, por onde as campanhas educativas passam, existe sempre um retorno com o aparecimento de várias denúncias. Isso tem provocado uma maior visibilidade desses casos, garantindo que eles sejam punidos na forma da lei.

“Percebemos que ainda existem muitas mulheres que se sacrificam ao extremo para manter uma relação mesmo que insatisfatória e regada a violência. A campanha serve como um alerta, uma tentativa de encorajamento para a mulher perceber a situação de violência em que está mergulhada e, assim, tomar uma atitude e dar um basta ao agressor. A mudança realmente vem com o tempo, por isso precisamos dos órgãos da rede de proteção funcionando efetivamente”, pontuou a magistrada.

A assistente social do setor psicossocial do Juizado, Janice Pereira Divino, destacou que o número de demandas tem aumentado a cada dia, fruto da publicidade que se tem dado a este histórico problema. Conhecer a lei é fundamental para que mulheres e homens busquem o caminho do respeito e da urbanidade.

Acesse no site de origem: Juizado da Violência Doméstica de Santana realiza blitz educativa de combate à violência contra a mulher (TJAP – 07/10/2016)