Juizado móvel da Violência Doméstica contra a Mulher realiza atendimentos em Campos (TJRJ – 22/07/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O ônibus do Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher esteve nesta quarta-feira, dia 22, no Morro do Coco, na Rua Treze de Outubro, s/n°, Praça Nilo Peçanha, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. O juizado móvel é destinado ao atendimento de mulheres vítimas de violência com dificuldade de acesso à Justiça. Este foi o primeiro dia de funcionamento da unidade móvel. Até o fim do ano, o ônibus vai circular por diferentes localidades do Norte Fluminense, intensificando suas atividades na região. A iniciativa faz parte da programação da segunda edição da ‘Semana da Justiça Pela Paz em Casa’, que será realizada entre 3 e 7 de agosto.

Nos dias 12 e 26 de agosto, o juizado móvel voltará a atender no Morro do Coco. Nos dias 16 e 30 de setembro, e 14 de outubro, será a vez do distrito de Tocos, também em Campos, receber o serviço. O ônibus vai estacionar na Praça José Martins de Oliveira, s/n°. Já o município de Carapebus será contemplado nos dias 28 de outubro, 11 e 25 de novembro, quando o juizado móvel estará na Estrada do Correio Imperial, n° 1.003, em Piteiras.

A ‘Semana da Justiça Pela Paz em Casa’ também vai contar com uma edição da Ação Social na capital do Rio de Janeiro. No dia 15 de agosto, representantes do Ministério Público, da Defensoria, da Polícia Civil e da Prefeitura do Rio vão fazer atendimentos às mulheres na Vila Olímpica Mané Garrincha, na Rua Carlos Seixas, s/n°, no bairro do Caju. Também serão oferecidos serviços de saúde e beleza.

Sobre a ‘Semana da Justiça pela Paz em Casa’

Com objetivo de despertar, mobilizar e conscientizar a sociedade sobre a gravidade da violência doméstica contra a mulher, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) realiza a segunda edição da campanha. A programação é coordenada pela juíza auxiliar da Presidência Adriana Ramos de Mello. A campanha, liderada pela ministra Carmem Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), almeja resolver o maior número de casos de violência de gênero possível. Para isso, haverá a intensificação de audiências, acelerando os julgamentos dos crimes de violência contra a mulher em todo o estado do Rio.

Durante a primeira edição da ‘Semana da Justiça Pela Paz em Casa’, promovida em março, foram realizadas 1.283 audiências, sendo 28 da competência dos tribunais do júri. Foram proferidas 359 sentenças, sendo 17 da competência do júri.

JL/MB

Acesse no site de origem: Juizado móvel da Violência Doméstica contra a Mulher realiza atendimentos em Campos (TJRJ – 22/07/2015)