Justiça aceita denúncia contra professor acusado de estupro no PR (G1/Norte e Noroeste RPC – 04/01/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

MP diz que professor de Brasilândia do Sul abusou de alunos por dois anos. Acusado está preso preventivamente em Alto Piquiri, na região noroeste

A Justiça aceitou a denúncia criminal do Ministério Público do Paraná (MP-PR) contra um professor da rede pública de ensino de Brasilândia do Sul, no noroeste do Paraná, por crimes de estupro de vulnerável . A denúncia foi aceita no dia 30 de dezembro de 2015, mas o MP-PR divulgou a informação apenas nesta segunda-feira (4).

De acordo com o MP-PR, o professor era investigado há alguns meses desde que pais e alunos realizaram a denúncia. Conforme o órgão, o profissional cometeu os crimes entre 2014 e 2015.

O professor está preso preventivamente em Alto Piquiri, também no noroeste, e o caso tramita sob segredo de Justiça para proteger a identidade de crianças e adolescentes.

Durante as investigações, a promotoria teve acesso a registros telefônicos, e-mails, perfil em redes sociais e outros espaços da internet usados pelo profissional. Além de estupro de vulnerável, o MP-PR também denunciou o professor por submissão de crianças a vexame e constrangimento, filmagem de cenas de sexo e armazenamento de cenas pornográficas envolvendo crianças ou adolescentes, além de corrupção de menores.

Acesse no site de origem: Justiça aceita denúncia contra professor acusado de estupro no PR  (G1/Norte e Noroeste – 04/01/2016)