Justiça condena réu a 40 anos de prisão por estupro (Jornal de Jundiaí – 27/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Justiça condenou a 40 anos de prisão um réu em processo de estupro. Avelino de Oliveira, de 48 anos, teve a sentença decretada e o mandado de prisão cumprido em Várzea Paulista. Ele foi localizado por policiais militares da Força Tática do 49º Batalhão na rua Itapevi, no Jardim América II, após denúncia anônima sobre seu paradeiro.

De acordo com a PM, os abusos foram praticados em 2011 contra dois enteados de Oliveira – incluindo uma menina -, ambos menores de idade. Julgado em um mesmo processo, recebeu uma pena de 20 anos por cada vítima, explicou o sargento Camargo, que coordenou o cabo Leal e o soldado Correia na captura.

Ainda segundo o policial, vários teriam sido os abusos contra os menores, conforme apurado por sua equipe sobre os detalhes do processo. Apesar da condenação, explicou o sargento, Oliveira negou o crime ao ser preso.

A captura foi comunicada na delegacia de Várzea Paulista, onde um boletim de ocorrência foi registrado. Por sua vez, o condenado seguiu ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para permanecer aguardando a decisão da Justiça sobre a unidade prisional escolhida para o cumprimento da pena, inicialmente em regime fechado.

Números – De janeiro a agosto do ano passado, 13 casos de estupro foram registrados pela Polícia Civil de Várzea Paulista. O número é praticamente o mesmo na comparação com o mesmo período deste ano, que teve 14 inquéritos instaurados para apuração, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo.

Das cidades da Região sob atuação da Delegacia Seccional, incluindo Várzea Paulista, Itupeva, Campo Limpo Paulista, Louveira, Itatiba, Morungaba, Jarinu, Cabreúva e Jundiaí, esta última foi a que apresentou o maior números de casos.

Com uma quantidade de habitantes bastante superior a qualquer outro dos municípios da Região, Jundiaí fechou 2015 com 67 casos de estupro, sendo 46 nos oito primeiros meses. Neste ano, foram 44 os casos até agosto, ainda segundo a SSP, que deve divulgar, no próximo dia 25, os dados da criminalidade referentes ao mês de setembro.

Geraldo Dias Netto

Acesse no site de origem: Justiça condena réu a 40 anos de prisão por estupro (Jornal de Jundiaí – 27/09/2016)