Laboratório Maria da Penha: coordenação define diretrizes para execução do projeto em 2017 (MPPI – 20/03/2017)

A Coordenação do Projeto Laboratório Maria da Penha, executado pelo MPPI/5ª PJ-NUPEVID, em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, realizou, na última quinta-feira (16), uma reunião com representantes das Instituições de Ensino Superior – IES que participarão do projeto ao longo do ano de 2017.

Este ano serão contempladas seis IES e 90 acadêmicos em Teresina, sendo estes pertencentes aos cursos de Direito, Psicologia, Serviço Social, Enfermagem, Pedagogia e áreas afins. Na ocasião, foi apresentada a metodologia de execução do projeto e demais encaminhamentos, a exemplo da aula inaugural, que acontecerá dia 29 de março, no auditório da sede leste do Ministério Público do Estado do Piauí.

A atividade aconteceu na sede da Secretaria e contou com a presença de todas as Instituições selecionadas, sendo elas: Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Instituto de Ciências Jurídicas e Sociais Professor Camillo Filho (ICF), Centro Universitário UNINOVAFAPI, FATEPI – FAESPI, Faculdade Integral Diferencial – FACID-DEVRY e a Faculdade Evangélica do Piauí – FAEPI.

“A socialização das ações de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher com as IES revela importantes mecanismos para a efetivação da Lei Maria da Penha”, pontuou o Coordenador do NUPEVID e idealizador do projeto, o Promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima.

Acesse no site de origem: Laboratório Maria da Penha: coordenação define diretrizes para execução do projeto em 2017 (MPPI – 20/03/2017)