Lançada campanha “Quem ama abraça, fazendo escola” no Piauí (Gov/PI – 23/03/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O foco é a prevenção da violência contra a mulher usando a escola como multiplicadora.

Com o propósito de educar para prevenir a violência contra a mulher, foi lançada, nesta quarta-feira (23), no auditório do Centro de Formação Antonino Freire, a campanha “Quem ama abraça, fazendo escola” para representantes das Gerências Regionais de Educação da Secretaria do Estado da Educação (Seduc). A campanha é resultado de uma parceria da Secretaria Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação e Cultura (Seduc), a Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres e o Ministério Público do Piauí.

Leia também: Campanha de enfrentamento à violência doméstica é lançada em Teresina (Meio norte – 23/03/2016)

Lançada campanha “Quem ama abraça, fazendo escola” (Foto:Ascom Seduc)

Lançada campanha “Quem ama abraça, fazendo escola” (Foto:Ascom Seduc)

“A educação faz a diferença porque, por meio desse projeto, estamos preparando o futuro do Piauí e, consequentemente, da sociedade civil”, explica a delegada Vilma Rocha, que participou do lançamento da campanha. Ela acrescenta que a iniciativa só tem a enriquecer esse trabalho no estado.

De acordo com articuladora nacional da campanha, “Quem ama abraça, fazendo escola” vem se incorporar ao trabalho que a Seduc já vem desenvolvendo, por meio do projeto Lei Maria da Penha nas Escolas, agora com a parceria da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres.

“A experiência do Piauí é pioneira, pois trabalha apropriação do tema pelos alunos e a releitura pelos próprios alunos por meio de atividades como, por exemplo, a produção de filmes de curta metragem”, explica a articuladora nacional da campanha, representando o Instituto Magna Mater, a diretora executiva Patrícia Mourão.

Segundo Aldaci Regina da Silva, coordenadora Estadual de Políticas para as Mulheres, esse trabalho é importante porque trabalha com o foco da coordenadoria. “A Campanha Quem ama abraça já é divulgada nacionalmente e agora com o recorte educativo. Nós temos a pretensão de, junto a Seduc, realizar essa atividade nas escolas, juntamente com um projeto que a Seduc já desenvolve, que é a Lei Maria da Penha nas Escolas. Acredito que, quanto mais projetos tivermos com essa temática, mais poderemos atingir um maior número de pessoas”, explica Aldaci.

Segundo Lucilene Ferreira, da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres do município de Cocal de Telha, a iniciativa é de suma importância. “Como a gente já trabalha a lei Maria da Penha nas escolas de forma extracurricular, então a iniciativa só vem a somar, pois nossos professores já estão afinados com o tema”, diz Lucilene.

Para Amparo Veloso, da gerência responsável pela iniciativa, a maior conquista desse trabalho está sendo a aceitação pelos alunos. “E esse ano esse trabalho foi coroado com o tema do Enem”, diz Amparo.

“A iniciativa visa modificar a cultura machista”, frisa a professora Marcoeles Coeli.

O lançamento foi marcado pela presença de representantes de várias instituições que trabalham com políticas públicas para as mulheres, como a OAB/PI, por meio da vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada, Gardênia Mota; a diretora de Planejamento e Gestão da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, Andreia Araújo; a representante do Fórum Mulheres no Merconsul, Joselda Neru Cavalcante, além da diretora-geral do Centro de Formação, Gildete Milu.

Elza Muniz

Acesse no site de origem: Lançada campanha “Quem ama abraça, fazendo escola” (Gov/PI – 23/03/2016)