Lançada em Feira de Santana a campanha Parem de nos matar – violência contra as mulheres (Pref. Feira de Santana – 12/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A campanha “Parem de nos matar – violência contra as mulheres”, grito contra o assassinato de mulheres, principalmente as negras, foi lançada no sábado, 10, em Feira de Santana, em evento realizado no Mercado de Arte Popular que teve o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

fotoA iniciativa é da Rede de Mulheres Negras da Bahia, em parceria com a Estação Juventude, da Sedeso. Para o secretário Ildes Ferreira, o debate acerca deste tipo de violência é importante alerta para a sociedade. “O que se quer é um basta numa situação que tem uma mulher agredida a cada sete minutos no país”.

A grande maioria dos assassinatos tem como vítimas mulheres negras e pobres. Ildes Ferreira salienta que na Sedeso existem o setor de Promoção da Igualdade Racial, bem como o Centro de Referência Maria Quitéria e a Casa Abrigo Sapho, que acolhem mulheres em situação de risco pela violência doméstica.

Ivanide Santa Bárbara, militante da causa dos negros, disse que os jovens negros são as principais vítimas da violência letal. “Estão praticando um verdadeiro genocídio. Temos um sistema nacional racista”.

Jussara Silva, do Movimento de População de Rua, contou parte da sua história de vida. Relatou que, drogada, viveu nas ruas por dez anos e que se recuperou. “Mas esta inciativa depende muito da pessoa. Do seu interesse. As políticas públicas existem, mas a pessoa tem que desejar largar esta vida e voltar para a família”. Ela tem três filhos pequenos.

Acesse no site de origem: Lançada em Feira de Santana a campanha Parem de nos matar – violência contra as mulheres (Pref. Feira de Santana – 12/09/2016)