Levantamento da prefeitura aponta que 17 mulheres são agredidas por mês em Cariacica (Folha Vitória – 07/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Segundo dados da Coordenação dos Direitos da Mulher do município, 88 mulheres já foram vítimas de violência em Cariacica somente nos primeiros cinco meses do ano

Pelo menos 88 mulheres já foram vítimas de violência em Cariacica somente nos primeiros cinco meses deste ano, o que corresponde a uma média de cerca de 17 mulheres agredidas por mês no município. Os dados são da Coordenação dos Direitos da Mulher de Cariacica. Ao longo de todo o ano passado, foram registrados 417 casos.

Com o objetivo de combater essa violência, a Coordenação dos Direitos da Mulher, da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semdes) do município, começou a desenvolver uma série de atividades educativas, que farão parte do projeto “Todos Por Elas”.

Nesta segunda-feira (06), servidores da Prefeitura de Cariacica participaram de uma manhã de conscientização da luta em defesa dos direitos das mulheres. A ação foi realizada no hall da sede do Palácio Municipal, em Alto lage, com a entrega de folhetos educativos, exposição de vídeos e distribuição de laços brancos.

De acordo com a Semdes, a campanha será ampliada para as regiões de Cariacica, com sessões de cinema nas próximas semanas, mobilizando os moradores para o combate à violência contra a mulher em Cariacica.

“A campanha tem como público-alvo, inicialmente, os funcionários da instituição. A proposta é abordar e debater o assunto que ainda vitima diariamente centenas de mulheres no nosso país. E, a partir daí, tornem-se multiplicadores do combate a qualquer tipo de violência em suas comunidades”, explicou a coordenadora Lais Fonseca dos Santos, da Coordenação dos Direitos da Mulher, durante a abertura do evento.

Os servidores foram recepcionados com um café da manhã e muita informação sobre o tema. No material informativo entregue, os serviços de proteção disponíveis ao público feminino, os canais de denúncia, além das orientações a respeito das diferentes formas de violência. A temática ainda foi exposta nos vídeos apresentados, atentando para a valorização da mulher e o estímulo a denunciar qualquer tipo de violação dos direitos.

“Nossa intenção mesmo é ir até o munícipe, levando a informação. Porque, muitas vezes, existe a informação em redes sociais, mas há um impedimento, às vezes, de procurar ajuda. E por que não ir até essas pessoas, levar ajuda e informação?”, destacou Lais Fonseca.

A coordenadora ressaltou ainda que atualmente as vítimas desse tipo de violência que moram em Cariacica recebem acompanhamento especializado e individualizado. “Nosso equipamento tem um atendimento assistencial e psicossocial. Nós acompanhamos o caso daquela mulher até que ela possa se sentir empoderada na sociedade”.

A funcionária pública da Prefeitura de Cariacica, Bianca Gabriel Moura, disse que já abraçou a causa, mesmo conhecendo pouco sobre o projeto. Ela acredita que poderá contribuir bastante ao falar sobre o problema na região onde mora. “Esse projeto que está sendo criado a gente pode levar para os nossos bairros e informar a nossos amigos e familiares. É uma forma de ser cidadã nesse mundo que tanto precisa”, frisou.

Acesse no site de origem: Levantamento da prefeitura aponta que 17 mulheres são agredidas por mês em Cariacica (Folha Vitória – 07/06/2016)