Liderada pela prefeitura de Curitiba, mobilização no Dia Laranja registra mais de 500 downloads do Clique 180 (ONU Mulheres – 07/04/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Criado pela ONU Mulheres em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) e apoio da embaixada do Reino Unido, aplicativo está disponível nos sistemas Android e IOS. Informações também podem ser acessadas no site www.clique180.org.br

]Mais de 200 mil visualizações nas redes sociais, cerca de 5 mil curtidas e mais de 500 downloads do Clique 180, aplicativo desenvolvido pela ONU Mulheres em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) com o apoio da embaixada do Reino Unido. Esse é o balanço da mobilização liderada pela Prefeitura de Curitiba e pela ONU Mulheres Brasil, de 20 a 25 de março, para a divulgação do Dia Laranja – data de ação mundial em solidariedade às mulheres e meninas em situação de violência, revisitada a cada dia 25. Proposta pela rede global de jovens, a iniciativa se soma à campanha do Secretário-Geral da ONU “UNA-SE pelo fim da violência contra as mulheres”.

Na ação, a população foi convidada a indicar os locais seguros e inseguros para as mulheres por meio da ferramenta Minha Cidade Mais Segura. Em seis dias, foram registradas 10 ocorrências, entre elas denúncia de assédio a mulheres em via pública, incidência de assaltos e falta de iluminação. As informações estão acessíves no aplicativo e no site www.clique180.org.br, as quais poderão ser constantemente atualizadas pela população e pelo poder público. No período, 412 downloads foram feitos em telefones celulares do sistema Android e 112, da Apple Store.

Inserida na programação de 322 anos de Curitiba, a divulgação do Clique 180 no Dia Laranja em Curitiba foi comandada pela Secretaria das Mulheres da capital, com ampla repercussão na imprensa local e adesão nas redes sociais, entre elas a do Sistema da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) cujas funcionárias e funcionários vestiram-se de laranja em apoio à causa. Outras localidades também apoiaram a iniciativa, entre elas a prefeitura de São Bernardo do Campo e órgãos públicos de Minas Gerais.

Quarta capital no Mapa da Violência 2012 sobre Homicídios de Mulheres no Brasil, Curitiba adotou a política de tolerância zero à violência de gênero, conforme compromissos do prefeito Gustavo Fruet e da secretária de Mulheres, Roseli Isidoro. A capital se prepara para receber a Casa da Mulher Brasileira, do programa mulher, Viver sem Violência, a ser lançada no segundo semestre deste ano, tem adesão ao Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e criou a Patrulha Maria da Penha. Campanhas de conscientização são realizadas a exemplo do Busão sem Abuso e do engajamento de taxistas para a divulgação do Ligue 180.

Clique 180 – O aplicativo é uma ferramenta colaborativa para mapear os locais das cidades que oferecem risco e segurança às mulheres, com espaço para comentários da população local. O Clique 180 contém informações sobre os tipos de violência contra as mulheres, dados de localização dos serviços da Rede de Atendimento e sugestões de rota física para chegar até eles.

Traz a definição sobre os tipos de violência e a íntegra da Lei Maria da Penha. Uma tela inicial de disfarce torna o aplicativo mais discreto para mulheres e pessoas que lhes apoiem possam acessá-lo com discrição. Com a agitação do aparelho (para cima e para baixo ou para os lados), o disfarce se desfaz e permite o acesso aos conteúdos. O aplicativo está disponível para download nos smartphones com sistema Android e IOS, nas lojas virtuais Google Play e Apple Store. As informações também poderão ser inseridas no site www.clique180.org.br

Acesse no site de origem: Liderada pela prefeitura de Curitiba, mobilização no Dia Laranja registra mais de 500 downloads do Clique 180 (ONU Mulheres – 07/04/2015)