Mais de 300 mulheres são mortas em Santa Catarina por ano (Blog Visor – 07/05/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A bancada feminina da Assembleia Legislativa reuniu-se ontem com o governador Raimundo Colombo no Centro Administrativo, para discutir políticas públicas para reduzir a violência contra a mulher em SC. Os números que elas apresentaram são estarrecedores: Somente no ano passado, 28.292 mulheres foram ameaçadas, mais de 2 mil foram estupradas e 17,2 mil foram vítimas de lesão corporal. O dado mais impressionante é que 333 foram assassinadas em um único ano no Estado, média de quase uma por dia. Não precisa nem de ranking ou comparativos para entender que alcançou níveis insuportáveis. O mais grave é que a maior parte ocorre dentro de casa.

Aliás
Até mesmo Colombo se surpreendeu com os dados trazidos pelas deputadas Dirce Heiderscheidt (PMDB), Ana Paula Lima (PT) e Luciane Carminatti (PT). A coordenadora da bancada, deputada Dirce, informou que o governador se comprometeu em reforçar as políticas públicas voltadas para a organização das mulheres catarinenses. A prioridade será trabalhar pela instalação da Casa da Mulher Brasileira em Florianópolis, espaço que vai abrigar as vítimas de violência.

– Colombo determinou a instalação de uma estrutura multidisciplinar para atender às mulheres e seus filhos – relatou a deputada.

Acesse a no site de origem: Mais de 300 mulheres são mortas em Santa Catarina por ano (Blog Visor – 07/05/2015)