Mais de 730 suspeitos de agressão contra mulheres foram presos em MT (G1/Mato Grosso – 04/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Dado refere-se a prisões efetuadas no estado no 1º semestre deste ano. Segundo a Polícia Civil, em 2015, mais de 1,5 mil homens foram presos

Mais de 2,6 mil inquéritos policiais que apuram agressão contra a mulher foram instaurados pelas seis Delegacias Especializadas de Defesa das Mulheres em Mato Grosso apenas no primeiro semestre deste ano. Segundo balanço da Polícia Civil, nesse mesmo período, 735 suspeitos de agressão foram presos e mais de 6,4 mil boletins de ocorrência de naturezas diversas foram registrados.

Mato Grosso possui apenas seis delegacias especializadas para o atendimento do público feminino vítima de agressão, instaladas em Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres, Rondonópolis, Barra do Garças e Tangará da Serra. Nelas, mais de 2,3 mil inquéritos foram concluídos durante os seis primeiros meses deste ano.

Essas delegacias, segundo a polícia, são responsáveis pela apuração de todos os crimes relacionados à mulher, na sua condição de gênero, sejam eles praticados com violência doméstica, violência sexual, crimes de menor potencial ofensivo, crimes contra a vida, até o âmbito da tentativa de homicídio.

O inquérito policial é instaurado, ouvidas testemunhas e agressor e dentro de 30 dias enviado a Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.

Ainda de acordo com o balanço da polícia, apenas no primeiro semestre foram requeridas 1.383 medidas protetivas, com pedidos de providências necessárias à Justiça, a fim de garantir amparo às vítimas no prazo de 48 horas.

Dados de 2015

No ano passado, as seis delegacias confeccionaram e receberam de outras unidades do município 15.249 boletins de ocorrências e instauraram 6.686 inquéritos, concluindo 6.240 dos casos e confeccionando 3.031 medidas protetivas. Ao todo, foram 1.560 homens presos em flagrante ou por força de mandados de prisão.

Acesse no site de origem: Mais de 730 suspeitos de agressão contra mulheres foram presos em MT (G1/Mato Grosso – 04/08/2016)