Mapa da Violência 2013 – Espírito Santo registra os níveis mais elevados de vítimas de armas de fogo do sexo feminino, seguido de perto por Alagoas e Paraíba

O relatório Mapa da Violência 2013 – Mortes Matadas por Arma de Fogo, realizado pelo CEBELA (Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos) e FLACSO (Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais), traz um panorama sobre os últimos 30 anos de mortalidade por armas de fogo no país.

O estudo coordenado por Julio Jacobo Waiselfisz apresenta estatísticas sobre homicídios, suicídios e acidentes que envolvem a ação de armas de fogo.

O relatório traz dados com recortes por sexo, raça/cor e idade das vítimas desse tipo de morte.

“Similar ao que ocorre com as vítimas de homicídio, a vitimização do sexo masculino é extremamente elevada nas mortes por arma de fogo: 93,9%. Há pouca variação de tal tendência entre as causas das mortes registradas pelo SIM.”

Gráfico Mapa da Violência 2013 - Mortes Matadas por Tipo de Morte (por sexo)

“O Gráfico 6.3 permite verificar as taxas de óbito (para cada 100 mil habitantes) discriminadas por sexo, nas diferentes UF. Vemos que Alagoas destaca-se pelos altos níveis de vitimização masculina. O Espírito Santo e a Bahia também apresentam taxas elevadas. Já o Espírito Santo registra os níveis mais elevados de vítimas de armas de fogo do sexo feminino, seguido de perto por Alagoas e Paraíba.”

Gráfico Mapa da Violência 2013 - Mortes Matadas por Arma de Fogo (por sexo)

Acesse o relatório completo em pdf (1,56 MB): Mapa da Violência 2013 – Mortes Matadas por Armas de Fogo (CEBELA/FLACSO)

Saiba mais:
http://www.mapadaviolencia.org.br/mapa2013_armas.php