Memorial da Justiça promove cine-debate com estudantes sobre violência contra a mulher (TJPE – 06/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Memorial da Justiça do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) promoveu, nesta quinta-feira (2/6), em sua sede no bairro do Brum, Recife, o cine-debate Conversas de Gênero com cerca de 40 estudantes da Escola Nossa Senhora de Fátima, localizada em Afogados. A atividade foi realizada em parceria com a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria da Mulher. O filme exibido foi a Filha da Índia, da cineasta Leslee Udwin.

O documentário trata do estupro coletivo e posterior morte da jovem indiana, estudante de medicina, Jyoti Singh, em 2012, cometido por seis homens. A brutalidade do crime desencadeou protestos por toda a Índia e motivou Leslee Udwin, que já foi vítima de estupro, a se deslocar da Dinamarca a Delhi para dirigir a película.

No evento foi exibido o filme Filha da ìndia, da cineasta Leslee Udwin, que trata do estupro coletivo e posterior morte da jovem indiana, estudante de medicina, em 2012

No evento foi exibido o filme Filha da ìndia, da cineasta Leslee Udwin, que trata do estupro coletivo e posterior morte da jovem indiana, estudante de medicina, em 2012

“O evento foi planejado no início do mês passado e a data de sua realização coincidiu com a ampla discussão, em pauta no país, sobre o crime de estupro, o que mostra a pertinência do tema que escolhemos”, explica a chefe do Núcleo Educativo do Memorial, Gabriela Severien, se referindo a um episódio ocorrido na semana passada na cidade do Rio de Janeiro.

Após a exibição do filme, a gerente geral de Relações Intersetoriais e Interpoderes da Secretaria da Mulher da Prefeitura do Recife, Elizabeth Severien, e a ativista de direitos sexuais e reprodutivos das mulheres com deficiência, representante da ONG Essas Mulheres e do Instituto Baresi, Elza Fukushima, mediaram o debate com os estudantes.

“Procuramos conscientizar os jovens e as jovens da importância de combater a cultura de violência que muitas vezes permeia as relações dos homens com as mulheres”, disse Elza. “Nossa abordagem no debate teve os direitos das mulheres como referência. Ratificamos no diálogo com as jovens e os jovens que o corpo da mulher só a ela pertence, e as decisões de como, quando e com quem estar, são decisões que cabem, tão somente, as mulheres”, afirmou a representante da Secretaria da Mulher.

Para Paulo*, 16, estudante do 9º ano, participar de um debate desse tipo é importante para aprender a evitar atitudes e comportamentos que redundem em violência física ou psicológica de mulheres com as quais o homem convive. Ele ficou impressionado como o estupro é traumático para uma mulher. “É muito errado isso acontecer”, defendeu.

Esta é a terceira edição do Projeto Conversas de Gênero, que atualmente conta com a parceria da Secretaria da Mulher do Recife, do Instituto Baresi, e da ONG Essas Mulheres. O primeiro encontro promovido pelo Memorial da Justiça foi realizado em março de 2014. O objetivo do projeto é promover o debate sobre questões de gênero e combater a violência contra as mulheres, num espaço voltado para o diálogo e conscientização.

Este é o terceiro ano de realização do Projeto Conversas do Gênero, uma ação conjunta com a Secretaria da Mulher da Prefeitura do Recife, que contou, nesse evento, com a parceria do Instituto Baresi e da ONG Essas Mulheres, e com o apoio da Escola Judicial do TJPE. O primeiro encontro promovido pelo Memorial da Justiça foi realizado em março de 2014. O objetivo do projeto é estimular o debate sobre questões de gênero e de raça, de forma a prevenir e combater a violência contra as mulheres, num espaço voltado para o diálogo e a troca de conhecimento.

Texto: Izabela Raposo | Ascom TJPe

Acesse no site de origem: Memorial da Justiça promove cine-debate com estudantes sobre violência contra a mulher (TJPE – 06/06/2016)