Miguel Alves receberá a caravana de enfrentamento à violência contra a mulher do campo (Gov/PI – 12/05/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A escolha se deu pela vocação da quebra do babaçu, atividade econômica tradicional na região e que envolve centenas de mulheres

O município de Miguel Alves, situado a 112 quilômetros de Teresina, na região norte do estado, será o primeiro a receber a caravana de enfrentamento à violência contra a mulher. A escolha se deu pela vocação à quebra do babaçu, atividade econômica tradicional na região e que envolve centenas de mulheres. Uma unidade móvel da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres levará representantes de 28 entidades em diversas áreas, entre elas Saúde, Educação, Segurança, Defensoria Pública, OAB e associações de mulheres, para prestar atendimento ao público feminino.

“Antes de chegarmos com os serviços, vamos ao local fazer um diagnóstico, levantar onde estão as situações mais delicadas, para levarmos o que as mulheres da região realmente necessitam”, explica a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Aldaci Regina da Silva.

A Coordenaria tem dois ônibus disponíveis para promover a atividade e está elaborando um calendário de cidades a visitar. Paralelamente, o órgão tem o desafio de realizar as conferências municipais de políticas para mulheres.

Em reunião nessa terça-feira (12), o Fórum de Enfrentamento a Violência contra Mulheres do Campo e da Floresta sugeriu a realização de onze encontros, um em cada território de desenvolvimento. Os eventos em nível municipal serão preparatórios para a conferência estadual, prevista para o mês de novembro.

“O trabalho consiste não apenas no combate à violência doméstica, mas também na promoção do acesso ao emprego, Educação, Saúde e outras coisas necessárias à manutenção da dignidade feminina”, ressalta Aldaci Regina.

O fórum aprovou ainda o regimento para nortear as ações do colegiado, composto de 14 membros da sociedade civil e outros 14 de órgãos governamentais.

Aldeci Regina acrescentou que a coordenadoria vem participando ativamente de oficinas com vários órgãos do governo, apontando propostas para o Plano Plurianual de Governo Participativo (PPA) – 2016/2019, num esforço para que todas as pastas inseriram políticas de gênero, com ações voltadas ao público feminino.

Acesse no site de origem: Miguel Alves receberá a caravana de enfrentamento à violência contra a mulher do campo (Gov/PI – 12/05/2015)