Ministério Público capacita patrulhas Maria da Penha, implementadas nas cidades de Foz do Iguaçu, Londrina e Curitiba (MPPR – 14/12/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

No último dia 10 de dezembro de 2015, na sede da Guarda Municipal da cidade de Foz do Iguaçu, encerrou-se a capacitação da patrulha Maria da Penha, inaugurada há pouco tempo no Município. A Promotora de Justiça Kelly Vicentini Neves Caldeiras foi responsável pela exposição que se refere ao trabalho do Ministério Público quando do combate à violência de gênero. Periodicamente, tais cursos são ofertados a essa equipe especializada da Guarda Municipal dos Municípios de Foz do Iguaçu, Londrina e Curitiba. Em Londrina, a primeira turma finalizou sua capacitação no mês de maio e o serviço foi iniciado em julho deste ano de 2015. A Promotora de Justiça Susana Broglia Feitosa de Lacerda foi responsável pelas exposições relacionadas à atuação ministerial. Finalmente, em Curitiba, o serviço já funciona desde 2014, e o Nupige já realizou a capacitação de quatro turmas. A Patrulha leva o nome da lei Maria da Penha (lei 11.340/2006) que trata da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. É um serviço de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica que possuem medidas protetivas de urgência expedidas pelo Poder Judiciário. Em Curitiba, de acordo com a inspetora Cleusa Pereira, coordenadora da Patrulha Maria da Penha, desde a sua criação, já foram realizadas 5.839 visitas a 3.100 mulheres e 56 encaminhamentos de agressores, presos em flagrante, à Delegacia da Mulher. “Nestes 18 meses de trabalho da Patrulha, o índice de reincidência de violência contra as mulheres que possuem medidas protetivas, caiu a zero”, informou ela.

Acesse no site de origem: Ministério Público capacita patrulhas Maria da Penha, implementadas nas cidades de Foz do Iguaçu, Londrina e Curitiba (MPPR – 14/12/2015)