Ministério Público e Secretaria de Assistência Social discutem implantação da Casa da Mulher Brasileira em Porto Velho (MPRO – 01/04/2019)

Como objetivo de discutir a implantação da Casa da Mulher Brasileira, em Porto Velho, O Promotor de Justiça da 35ª Promotoria de Justiça (Curadoria de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher), Héverton Alves de Aguiar, participou na manhã desta segunda-feira (1º/4) de uma reunião na sede da Secretaria de Estado da Assistência Social (SEAS), com a participação de representantes de vários órgãos.
Em março, Héverton Alves de Aguia esteve reunido, em Brasília, com a ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, que garantiu a execução do projeto Casa da Mulher e, também, a implantação no Estado de Rondônia o Projeto Salve uma Mulher.

A Casa da Mulher Brasileira tem como proposta integrar, num mesmo espaço, diversos serviços especializados, como delegacia e juizado; Ministério Público; Defensoria Pública; apoio psicossocial; promoção da autonomia econômica; brinquedoteca para os filhos das vítimas; alojamento de passagem; e central de transporte. Esse modelo evita a peregrinação da mulher por várias repartições, roteiro capaz de ressuscitar a experiência psíquica do trauma.

Participaram da reunião, a Secretária de Estado da Assistência Social (SEAS), Luana Nunes de Oliveira Santos; Secretária Adjunta de Assistência Social, Liana Silva de Almeida Lima; Diretor Técnico da Seap, Gilberto Vigiato; Coordenador de Direitos Humanos, José Góes; Procurador do Estado, Thiago Alencar; Gerente Estadual de Politica da Mulher da SEAS, Hala Cristina; Diretora do Departamento de Políticas Públicas da Mulher de Porto Velho, Gentileza Brito e a Secretaria Adjunta da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família, Ana Maria Negreiros.

Acesse no site de origem: Ministério Público e Secretaria de Assistência Social discutem implantação da Casa da Mulher Brasileira em Porto Velho (MPRO – 01/04/2019)