Ministério Público Estadual participa de reunião do Fórum de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher do Campo e da Floresta (MPPI – 19/06/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A promotora de Justiça e coordenadora do Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (NUPEVID), Maria do Amparo de Sousa Paz, participou, nessa quinta-feira (18), na sede da Coordenadoria Estadual da Juventude, de reunião do Fórum Estadual de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher do Campo e da Floresta.

Na oportunidade, entidades civis e órgãos públicos que compõem o Fórum discutiram sobre a realização da ação em prol do atendimento às mulheres em situação de violência, que acontecerá no dia 24 de junho, no Assentamento Centro do Designo, na cidade de Miguel Alves, onde pela primeira vez será utilizada uma unidade móvel para atender às mulheres daquela localidade.

De acordo com a promotora, o diálogo aberto com as moradoras da comunidade é essencial para frisar os direitos da mulher, bem como para fornecer mais informações sobre políticas sociais voltadas para a defesa da mulher.

“Esta ação é um grande avanço em defesa dos direitos da mulher. Em pleno século 21, o sexo feminino ainda sofre com o preconceito e a violência. Precisamos sanar esta mazela que consome boa parte das mulheres do nosso Estado. A situação da mulher está cada vez mais difícil na sociedade, mas com garra e luta conseguiremos acabar com esta deficiência histórica”, pontua Amparo.

Além do Ministério Público do estado, diversas entidades públicas e civis que integram o Fórum Estadual de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher participaram da reunião, tais como: Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres; Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher; as Secretarias Estaduais de Educação, Trabalho e Empreendedorismo; Defensoria Pública do Estado; União Brasileira das Mulheres; e a Federação Estadual de Entidades Comunitárias do Piauí.

Temas como a Lei Maria da Penha, políticas públicas em defesa da mulher e a situação desta no mercado de trabalho serão discutidos nas oficinas e palestras. O evento também contará com atendimento de profissionais da área da saúde, como médicos, assistentes sociais e psicólogos.

Esta é a primeira ação que o Fórum organiza. Posteriormente, outras cidades e comunidades serão contempladas com a realização deste evento itinerante.

Acesse no site de origem: Ministério Público Estadual participa de reunião do Fórum de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher do Campo e da Floresta (MPPI – 19/06/2015)