Montes Claros registra 10.799 casos de crimes contra a mulher em 4 anos (G1/Grande Minas – 19/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Dados foram apontados em pesquisa da Policia Militar. PC acredita que número de denúncias cresceu com delegacia especializada

Uma pesquisa da Polícia Militar revela que 10.799 ocorrências de violência contra a mulher foram registradas nos últimos quatro anos em Montes Claros, Norte de Minas. Os dados apontam ainda que 1.406 mulheres foram vítimas da violência de duas a cinco vezes.

“Nós acreditamos que estes números, infelizmente possam ser ainda maiores. Muitas mulheres deixam de denunciar os agressores por causa de uma dependência econômica e financeira das vítimas”, explica o coronel Ederson da Cruz.

Dados foram apresentados durante entrevista (Foto: Valdivan Veloso/G1)

Dados foram apresentados durante entrevista (Foto: Valdivan Veloso/G1)

Os dados foram apresentados durante uma entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (19) na Defensoria Pública. Para o coronel, no Norte de Minas está presente uma “sociedade patriarcal” que possui uma “cultura que legitima a violência contra a mulher”. “Com o intuito de prevenir estas agressões, nós realizamos diversas palestras para alcançar maior número possível de pessoas que ajudem a combater estes crimes”, diz.

A delegada Karine Costa Maia acredita que não houve um aumento do número de ocorrências no município, Mas sim no número de denúncias após a criação Delegacia Especializada de Crimes Contra a Mulher (Deam). “Com a delegacia, a mulher tem mais tranquilidade em denunciar o agressor. Hoje, é a delegacia que mais manda inquérito para o Fórum”, explica a delegada.

Karine Costa acredita que o motivo das diferenças nos números de levantamentos da PC, da PM e Defensoria Pública estão relacionados às ocorrências em que as mulheres não dão continuidade. “Nós fazemos uma média de cinco medidas protetivas por dia e fazemos cerca de 10 atendimentos às vítimas. Logicamente que a violência contra a mulher não é uma questão apenas de segurança pública. Não conseguiremos esvaziar isso se não houver políticas públicas dos outros poderes para dar apoio a estas mulheres”.

Prevenção

A Defensoria Pública em Montes Claros realiza ainda neste mês diversas ações de conscientização e combate a violência contra a mulher. Segundo a coordenador do Núcleo de Defesa da Mulher em Situação de Violência (Nudem), Maiza Rodrigues, serão 25 dias de ações de ativismo pelo fim da violência contra a mulher.
“É uma campanha internacional onde teremos palestras, debates, rodas de conversa que englobam vários personagens e vários atores. Nestas ações termos a parceria da Unimontes, da Deam e da Polícia Militar”, enfatiza.

Valdivan Veloso

Acesse no site de origem: Montes Claros registra 10.799 casos de crimes contra a mulher em 4 anos (G1/Grande Minas – 19/11/2015)