MPE denuncia empresário por lesão corporal grave e ameaça (Mato Grosso Mais – 10/05/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A promotora de justiça Lindinalva Rodrigues, do Ministério Público Estadual (MPE), denunciou o empresário M. C. M. C., de 34 anos, pelo crime de lesão corporal grave, devido à suspeita de ele ter agredido a própria esposa, a médica C. C. T., de 29 anos, em Cuiabá.

A promotora também denunciou o empresário pelo crime de ameaça contra a filha da médica, uma menina de 11 anos. A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Conforme o TJ, a denúncia chegou nesta segunda-feira (09) à 1ª Vara de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.

O juiz Jamilson Haddad Campos deve decidir ainda nesta semana se acata ou não a denúncia do MPE. Caso aceite, o empresário passa a ser réu da ação proposta pelo MPE.

Na sexta-feira (06), a Justiça negou o pedido de revogação da prisão preventiva feito pelo empresário.

O marido é considerado foragido desde o dia 27 de abril, quando teve a prisão preventiva decretada após supostamente descumprir a medida protetiva para não se aproximar de Camila.

Na denúncia, segundo o MPE, a promotora destaca o fato de a médica ter ficado com a audição prejudicada, por conta das agressões, o que a teria deixado incapaz de exercer suas funções por mais de 30 dias.

Segundo a denúncia, a médica ainda sofreu fratura no nariz e ficou com inúmeras marcas do rosto por causa de socos desferidos pelo marido.

Lindinalva detalhou ainda, conforme o MPE, que, na hora da agressão, o empresário falou para a filha da médica que, se ela não parasse de gritar e pedir socorro pela mãe, ele ia bater nela também.

Por isso, na ação, ela figura como vítima, assim como a mãe. A menina estaria com problemas emocionais, devido ao trauma. As informações são do Midianews

Acesse no site de origem: MPE denuncia empresário por lesão corporal grave e ameaça (Mato Grosso Mais – 10/05/2016)