MPRJ obtém condenação de agressor com base na Lei Maria da Penha (ANF – 02/07/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A partir de denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), a Justiça de Piraí condenou Tácito Joaquim Pereira a mais de 20 anos de prisão, com base na Lei Maria da Penha, pelos crimes de roubo, estupro, cárcere privado, lesão corporal e ameaça.

Os crimes foram praticados por Tácito contra a ex-companheira quando a manteve presa por pelo menos 10 dias, em março deste ano. De acordo com a denúncia, subscrita pela promotoria de Justiça de Piraí, ele invadiu o apartamento da vítima, local onde praticou uma série de violências contra ela. Sob a ameaça de morte, a vítima foi, ainda, levada para uma agência bancária para que sacasse dinheiro da venda de uma casa. Ela também foi levada a lugares ermos no município de Volta Redonda, onde o acusado praticou torturas psicológicas baseadas em ameaças.

No dia 16 de março, ao ser procurada por uma cliente em casa, a vítima conseguiu passar um bilhete com os dizeres: “Socorro. Meu ex-marido invadiu meu apartamento. Está me mantendo presa e me batendo. Disse que vai me matar. Chame a polícia”. Os policiais foram à residência e efetuaram a prisão em flagrante do denunciado.

Acesse no site de origem: MPRJ obtém condenação de agressor com base na Lei Maria da Penha (ANF – 02/07/2015)