Mulheres são as principais vítimas do tráfico humano

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

(EBC – 30/07/2015) Duzentas e cinquenta e quatro pessoas foram vítimas de tráfico humano no Brasil em 2013, de acordo com as delegacias das polícias civis em todo o país.

Além de São Paulo e Minas Gerais, Santa Catarina e Pará aparecem como os estados com mais casos.

Fora do país, a estimativa é que cerca de 62 brasileiros foram alvo de tráfico humano, segundo o Itamaraty. Eles foram vítimas de exploração sexual e trabalho escravo.

Leia mais:
Brasil teve 254 vítimas de tráfico de pessoas em 2013 (Agência Brasil – 30/07/2015)
Bahia é o 5º estado do país em registros de tráfico de pessoas (Tribuna da Bahia – 30/07/2015)
ONU reconhece ações do governo brasileiro para combater o tráfico de pessoas (Portal Brasil – 30/07/2015)
Ministra interina fala sobre tráfico de mulheres em evento do Ministério da Justiça (SPM – 30/07/2015)
Governo quer mudar legislação que tipifica crime de tráfico de pessoas no Brasil (Agência Brasil – 30/07/2015)
Exploração sexual movimenta R$ 330 bilhões por ano, diz OIT (BBC Brasil – 29/07/2015)

Ainda segundo o relatório, as principais vítimas são mulheres, de cor branca e de até 29 anos. O Secretário Nacional de Justiça, Beto Vasconcelos, destaca que o tráfico de pessoas vai além da exploração sexual.

Outras duas mil pessoas foram resgatadas do trabalho escravo. Os dados foram apresentados nesta quinta feira, pelo Ministério da Justiça, junto com o lançamento do selo oficial da Campanha Coração Azul, realizado em parceria com a ONU e os Correios para marcar o Dia Mundial de Combate ao Tráfico de Pessoas, 30 de julho.

“O tráfico humano é considerado o terceiro crime mais rentável, perdendo apenas para o comércio de drogas e armas”, como afirma o secretário das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Rafael Franzini.

A Campanha Coração Azul quer sensibilizar e chamar atenção da população para o combate ao tráfico humano. Para fazer uma denúncia basta ligar no disque 100 ou disque 180. O serviço é de graça e funciona todos os dias, 24 horas.

Kariane Costa

Acesse no site de origem: Mulheres são as principais vítimas do tráfico humano (EBC – 30/07/2015)