Mulheres vítimas de violência em Macapá reforçam terapia com oficinas (Gov/Amapá – 26/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Mulheres vítimas de violência doméstica e que são atendidas pelo Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram Macapá), estão encontrando nas oficinas de confecções de bonecas de pano uma forma de terapia.

Ao todo, 25 mulheres que recebem acompanhamento psicossocial e jurídico no centro participam de projetos que focam a promoção da autoestima, no resgate do potencial criativo, e estimulando autonomia. A oficina foi ministrada pela artesã Raimunda Coutinho, que é voluntaria do Projeto.

Uma das usuárias do Cram conta que sua rotina mudou após se separar do marido que a violentava. Ela também ingressou nas atividades do programa, pois precisava encontrar algo que lhe ocupasse o tempo de forma produtiva, sendo que a atividade pode se tornar algo rentável no futuro.

Moana Maclove, psicóloga do Cram, explica que as oficinas têm muito a acrescentar no crescimento das mulheres que participam. “Além de se desenvolverem nas atividades, muitas mulheres acabam descobrindo uma nova habilidade que, no futuro, poderá incluí-las em projeto de geração de renda”, completou.

A oficina iniciou no dia 18 e se encerrou no dia 25. Também estão previstas outras oficinas, como de francês que começa no dia 6 de setembro e encerra dia 29. No mês de outubro, está programada uma oficina de confecção de flores em EVA.

Por: Georgeth Costa

Acesse no site de origem: Mulheres vítimas de violência reforçam terapia com oficinas (Gov/Amapá – 26/08/2016)