Mulheres vítimas de violência pedem a governador do Rio medidas de segurança

Luiza Brunet, Cristiane Machado e Erica Paes estão engajadas no movimento

Um grupo de mulheres que tem como objetivo combater a violência doméstica se reuniu, na quinta-feira (17), com o governador Wilson Witzel, para reivindicar medidas como a qualificação do atendimento das delegacias das polícias Civil e Militar às mulheres em situação de vulnerabilidade, a criação de uma campanha nas escolas estaduais que reforce a necessidade de respeito às mulheres, e uma maior integração da rede de proteção às vítimas de violência doméstica.

A primeira-dama Helena Witzel e a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fabiana Bentes, também participaram do encontro. Entre as mulheres à frente do grupo estão a ex-modelo Luiza Brunet, que já teve caso de agressão registrado contra o ex-marido Lírio Parisotto, Cristiane Machado, que foi atacada pelo ex-diplomata Sérgio Schiller Thompson-Flores, e Érica Paes, ex-lutadora de MMA e autora do projeto social “Eu sei me defender” que ensina técnicas de luta e defesa pessoal para mulheres, especialmente em situações de agressão, abuso sexual ou estupro.

A secretária Fabiana Bentes anunciou ainda que o nome da nova subsecretária da mulher, escolhida pelo Conselho Estadual do Direito da Mulher, será revelado na próxima semana.

Acesse no site de origem: Mulheres vítimas de violência pedem a governador do Rio medidas de segurança (Jornal do Brasil – 21/01/2019)