Mulheres vítimas de violência serão qualificadas em Mato Grosso (Gov/MT – 30/09/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Sozinhas, agredidas, vitimadas pelos próprios companheiros e sem condições de sustento próprio. Esta é a realidade de centenas de mulheres vítimas da violência doméstica em Mato Grosso. Para inserir este público no mercado de trabalho, o Governo do Estado vai disponibilizar vagas de qualificação e apoio técnico, garantindo o empoderamento dessas mulheres e seu auto sustento.

Trata-se de uma ação que será colocada em prática por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) e Núcleo de Ações Voluntárias do estado (NAV) em parceria com a Associação de Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat – MT), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-MT), Polícia Militar e Rede Cidadã.

De acordo com a secretária adjunta de Trabalho e Emprego, Ivone Rosset, a rede de atendimento vai acompanhar de perto o desenvolvimento destas mulheres. “Nós vamos disponibilizar cursos na área gastronômica com a carne suína, para que estas mulheres tenham uma profissão que dê condições dela se manter e manter a sua família. Esta ideia veio da constatação que muitas destas mulheres vítimas de violência continuavam com seus agressores por não ter poder econômico”, informou.

Além das aulas teóricas e práticas, as participantes terão um registro como prestadoras de serviço, com divulgação da mão de obra qualificada. “Todos os dados comerciais serão divulgados no cadastro de trabalhador autônomo do estado, para que quem precise deste tipo de serviço tenha acesso à mão de obra qualificada. Queremos também incentivar a autonomia e o empreendedorismo gastronômico destas mulheres”, explicou Ivone.

O curso é voltado para o preparo de pratos especiais à base da carne suína com teoria e prática na cozinha pedagógica do Senac, com carga horária de 60h e turmas de 20 alunas cada. A seleção das mulheres participantes está sendo feita pelo programa Rede Cidadã.

Os materiais necessários para a qualificação, incluindo o uniforme, livros de receitas e a carne suína, serão ofertados pela Acrismat.

“É a carne suína novamente ganhando destaque como uma opção nutritiva, acessível e principalmente, oferecendo uma nova atividade para essas mulheres. Tanto a Setas, quanto o Senac já são nossos parceiros de outros projetos, então temos certeza que essa será mais uma ação de sucesso”, frisa o presidente da Acrismat, Raulino Machado.

Livro de receitas

Além deste acompanhamento também será feito a publicação de um livro de receitas editado pelo NAV e a Setas, contando um breve relato sobre a vida e a capacidade de superação dessas mulheres com todas as receitas trabalhadas durante a qualificação.

Mayla Miranda

Acesse no site de origem: Mulheres vítimas de violência serão qualificadas em Mato Grosso (Gov/MT – 30/09/2015)