No Dia Internacional da Menina, Ban pede fim da violência de gênero (Rádio ONU – 11/10/2014)

Em mensagem sobre a data, secretário-geral apelou a governos que tomem medidas para erradicar a violência contra meninas em todo o mundo; Ban Ki-moon mencionou as campanhas UniTE e HeForShe.

As Nações Unidas celebram neste sábado 11 de outubro, o Dia Internacional da Menina.

Em mensagem sobre a data, o secretário-geral apelou a todos os governos que tomem medidas para erradicar “todas as formas de violência contra as meninas em todo o mundo”.

Potencial

Ban Ki-moon afirmou ser preciso “criar um mundo, onde a violência contra mulheres e meninas jamais seja tolerada” e que elas “sejam sempre capacitadas para alcançar seu pleno potencial”
Segundo ele, um grande número de adolescentes é vítima de violência e a ameaça “por parte de membros da família, parceiros, professores e colegas viola gravemente seus direitos, diminui suas capacidades e suprime o seu potencial”.

O chefe da ONU afirmou que as meninas enfrentam muitas privações incluindo o acesso desigual à educação, a serviços de saúde reprodutivos e sexuais e a recursos econômicos.
Ele mencionou “normas sociais discriminatórias e práticas prejudiciais, tal como a mutilação genital feminina” e citou uma “cultura de impunidade” em relação à violência contra as adolescentes.
Segundo Ban, “conflitos e crises humanitárias aumentam drasticamente o risco de violência, abuso e exploração”.

Campanhas

Na mensagem, o secretário-geral mencionou sua campanha UniTe para pôr fim à violência contra mulheres. Ele destacou também a campanha HeForShe, pela igualdade de gênero, que busca mobilizar homens e meninos na luta pelos direitos das mulheres.

Ban afirmou que “o fim da violência de gênero e a promoção do empoderamento das meninas e mulheres devem estar no centro da agenda global”.

Ele declarou ainda que “para acabar com o ciclo de violência contra as adolescentes, é preciso ir além da conscientização e tomar medidas para dotar as meninas de conhecimentos, habilidades, recursos e o poder de determinar o seu próprio percurso”.

Dados

Uma nova compilação de dados publicada nesta sexta-feira pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, afirma que quase um quarto das meninas com idades entre 15 e 19 em todo mundo relataram terem sido vítimas de alguma forma de violência física a partir dos 15 anos. Este número representa aproximadamente 70 milhões de adolescentes.
Segundo o Fundo, os dados revelam a “magnitude” da violência contra meninas adolescentes e as “atitudes alarmantes que perpetuam tais abusos”.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Acesse no site de origem: No Dia Internacional da Menina, Ban pede fim da violência de gênero (Rádio ONU – 11/10/2014)