Nota de repúdio do FONAVID sobre estupro coletivo no Rio de Janeiro

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O FONAVID – Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, vem a público repudiar o estupro coletivo praticado contra uma jovem, na última semana, no Rio de Janeiro. Trata-se da maior expressão da barbárie, verdadeiro atentado aos direitos sexuais e humanos das meninas e mulheres. Requintes de crueldade, a violência brutal e a humilhação a que a vítima fora submetida ainda foram expostos à sociedade brasileira e compartilhados mundo afora, demonstrando, claramente, que o machismo e a violência de gênero estão arraigados na nossa cultura. Mulheres e meninas são violentadas a cada 11 minutos no Brasil. E toda vez que uma delas é atacada, os direitos humanos de todas é violado. Precisamos de políticas públicas afirmativas urgentes para transformar essa realidade. Educação se começa em casa e transcende para a escola e para os espaços sociais.

Conclamamos, pois, a sociedade brasileira e o poder público, para construirmos uma País livre da “cultura do estupro”. À jovem vitimada e seus familiares, nossa solidariedade.

Madgéli Frantz Machado
Presidente do FONAVID