Nudem participa de ciclo de palestras sobre Violência Doméstica na capital (DPMS – 27/04/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A convite da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais, da Secretaria Municipal de Saúde, a Defensoria Pública de MS participou na quarta-feira (20) do ciclo de palestras que discutiu a “Violência Doméstica”, em Campo Grande.

O evento, promovido para as agentes de saúde pública da capital, reuniu mais de 300 mulheres.

Como uma das bandeiras da Defensoria Pública de MS, o Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem) promove e participa todos os meses de encontros para esclarecer os direitos da mulher e fortalecer a luta contra a violência de gênero.

Dra. Thais Dominato 4

Durante o evento, a Defensora Pública Thaís Dominato Silva Teixeira falou sobre a atuação da Defensoria Pública, através do Nudem, para disseminar o conhecimento quanto aos direitos assegurados pela Constituição Federal à mulher.

“O projeto de palestras e capacitação busca o esclarecimento e a discussão, tanto da população de modo geral quanto dos profissionais atuantes na área, sobre os direitos das mulheres vítimas de violência doméstica (Lei Maria da Penha) e a atuação da Defensoria Pública que leva informações acerca dos mais variados temas que envolvam a proteção e os direitos das mulheres em situação de violência”, declarou.

A Defensora Pública ainda destacou a competência híbrida da Lei Maria da Penha (nº 11.340/06), as medidas protetivas de urgência, o direito da vítima e o papel da Defensoria Pública.

“Esse processo é mobilizador. Nos faz discutir a importância do empoderamento da mulher e o quanto isso pode fazer a diferença na redução dos casos de violência doméstica e na qualidade de vida dessas mulheres”, ressaltou.

A psicóloga da Defensoria Pública Keila de Oliveira Antônio, que atua no Nudem, esclareceu às agentes de saúde como funciona o atendimento à mulher vítima de violência na Defensoria Pública.

“Existe uma equipe preparada para lidar especificamente com casos em que a mulher sofre violência. Além da assistência jurídica, a mulher também recebe atendimento psicológico”, pontuou.

A assistente social Elaine de Oliveira França, que também atua no Nudem, participou da abertura do evento e destacou como a Defensoria Pública trabalha para que todas as assistidas tenham seus casos resolvidos de forma humanizada.

“Muitas vezes a mulher é desestimulada a procurar ajuda, a denunciar, isso porque em alguns casos ela não consegue resolver todo o problema no mesmo lugar. Por isso, o Nudem presta atendimento jurídico e psicossocial, o que possibilita resolver e encaminhar a maioria dos casos”, destacou.

Durante o evento foram distribuídos folders sobre o tema da palestra e cartilhas, ambos produzidos pelo Nudem, para esclarecer os direitos assegurados à mulher pela Lei Maria da Penha.

Nudem

Desde a criação, em outubro de 2014, o Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem) tem realizado capacitações dentro da rede de atendimento da Defensoria Pública e demais órgãos de atuação, bem como promovendo palestras para a população por todo o Estado.

Naurimar Franco 

Acesse no site de origem: Nudem participa de ciclo de palestras sobre Violência Doméstica na capital (DPMS – 27/04/2016)