Número de casos de violência contra a mulher cresce em Marabá, no PA (G1 – 11/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Cerca de 30 denúncias foram registradas por mês neste primeiro semestre. Crimes de ameaça lideram entre as ocorrências.

Dados da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Marabá, no sudeste do Pará, apontam o crescimento no número de casos de violência contra a mulher no município: cerca de 30 denúncias foram registradas por mês no primeiro semestre deste ano. A maioria das ocorrências corresponde a crime de ameaça, com 25% das ocorrências.

Clique na imagem e assista ao vídeo da matéria:

Untitled-

“Pode ser que esse número já existisse, mas as mulheres não tinham coragem de denunciar. O fato é que o número de ameças aumentou, o número de inquéritos aumentou também”, explica a delegada Ana Paula Fernandes.

Vítima da violência doméstica, uma mulher, que pede para não ser identificada, conta que depois de quase dois anos sendo ameaçada e agredida pelo marido, procurou a delegacia para denunciar o companheiro.

“Ele sempre me agride, agride a minha família. E eu não aceito mais. Eu tenho medo dele e tive que botar um ponto final nisso”, denuncia.

Segundo a polícia, o levantamento foi feito com base nos dados do Disque Denúncia: os casos de agressão física correspondem a 82% dos casos, outros 33% são ameaças de morte e 55% são de agressões verbais. E a violência dentro de casa lidera as estatísticas, com 73,5% , em 9% dos casos acontece na rua; e 17,5% em outros locais.

A delegada alerta para os cuidados que as mulheres devem tomar logo no começo.

“Começa com agressão verbal, vai partindo para ameaça até que chega ao ponto da lesão corporal. Então a mulher tem que perceber os sinais que o agressor vai dando. O ideal é que já na primeira ameaça, ela entenda que é crime”, reforça.

Os crimes contra a mulher podem ser denunciados na delegacia especializada de 8h às 18h, de segunda à sexta-feira. Durante a noite, aos sábados e domingos, as ocorrências podem ser registradas nas delegacias de plantão. As denúncias também podem ser feitas pelo 190.

Acesse no site de origem: Número de casos de violência contra a mulher cresce em Marabá, no PA (G1 – 11/08/2015)