OAB quer núcleo para agilizar ações na Justiça de violência contra a mulher (G1/Amapá – 18/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Ação faz parte da campanha Justiça Pela Paz em Casa, do STF. Audiência vai ocorrer segunda-feira (20), na sede da OAB em Macapá.

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amapá (OAB-AP) vai realizar na segunda-feira (20) em Macapá uma audiência pública sobre violência familiar. O evento faz parte da campanha Justiça Pela Paz em Casa, do Supremo Tribunal Regional (STF).

O objetivo, segundo os organizadores, é discutir formas de intensificar ações contra a violência doméstica. Os temas debatidos servirão de base para a elaboração de um relatório com dados e sugestões que será encaminhado para a Comissão Nacional da Mulher Advogada. Uma das sugestões da OAB-AP é criar um núcleo de conciliação para ajudar na resolução de processos.

OAB, Amapá, Comissão Nacional da Mulher Advogada (Foto: Jorge Abreu/G1)

Audiência pública vai discutir o tema violência doméstica, em Macapá (Foto: Jorge Abreu/G1)

“Uma das sugestões que a OAB está levando é criar um núcleo de conciliação que vai poder homologar os processos, para que haja resolutividade mais rápida, também é uma forma de desafogar o judiciário e dar celeridade aos processos que estão na vara violência doméstica e nos juizados especiais”, falou a presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada no Amapá, Rosiane Barbosa.

Para o presidente da OAB-AP, Paulo Campelo, o evento proporciona um contato entre a intuição e a sociedade que resulta num retrato da realidade. Segundo ele, a audiência é fundamental para colaborar com as resoluções de processos judiciários.

“A audiência tem como objetivo extrair informações através de levantamento de informações e pesquisa para que possam ajudar em formas de colaborar com os processos, assim nós vamos ter uma dimensão sobre esse problema que aflige várias famílias da sociedade brasileira”, disse Campelo.

São esperadas cerca de 300 pessoas na audiência. As informações obtidas serão levadas para o STF, que tem uma reunião para discutir o que foi arrecadado no dia 22 de junho.

Serviço:
Audiência pública sobre a campanha Justiça Pela Paz em Casa
Data: 20 de junho
Horário: 18h
Local: sede da OAB em Macapá (Rua Binga Uchôa, nº 26, bairro Central)

Jorge Abreu
Do G1 AP

Acesse no site de origem: OAB quer núcleo para agilizar ações na Justiça de violência contra a mulher (G1/Amapá – 18/06/2016)