OAB/AC apoia campanha que visa conscientização sobre a violência contra a mulher (OAB/AC – 11/07/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Acre, (OAB/AC) apoia a campanha Projeto Amor sem Medo idealizada pela estudante do curso de Direito, Bianca Muniz, que preocupada com a quantidade de inquéritos abertos em 2014, motivado por algum tipo de violência contra mulher, pretende conquistar mais apoiadores e levar para os jovens através de palestras nas escolas em Rio Branco.

Segundo a responsável pelo projeto, o objetivo é evitar novos casos de violência e oferecer orientação para aquelas que ainda não tiveram coragem de denunciar dos agressores. Em 2014 foram abertos 9,5 mil inquéritos, o que corresponde a 9 denúncias diárias.

“Esse número é assustador, mas sabemos que os números são ainda maiores. Tem mulheres que sofrem todo tipo de violência e não sabem a quem recorrer. Percebemos que quanto menos instrução maior as chances de ocorreram casos de violência contra mulher”, explicou a acadêmica.

Na primeira fase, autoridades registram seu repúdio sobre a violência contra mulher e publicam nas redes sociais. A segunda fase do projeto consiste nas palestras e orientações em escolas com a participação de advogados, psicólogas, assistentes sociais.

Vários advogados da seccional acreana já aderiram a campanha e postaram fotos com os dizeres da campanha na rede social.

De acordo com a representante da Comissão da Mulher Advogada da OAB/AC e do Movimento Mais Mulheres, Iolanda Almeida, o projeto é importante para evitar novas vítimas de violência contra mulher.

“Através do movimento Mais Mulheres buscamos uma OAB mais igualitária e mais justa. O projeto nos encantou por se tratar da prevenção da violência contra as mulheres. Percebemos que existem iniciativas que ajudam as vítimas no período de pós-violência, o valor do projeto Amor sem Medo é a prevenção de novos casos”, explicou a advogada.

Acesse no site de origem: OAB/AC apoia campanha que visa conscientização sobre a violência contra a mulher (OAB/AC – 11/07/2015)