Ocupação para denunciar violência contra mulheres é alvo de audiência com a USP (Radioagência Nacional – 27/04/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Está prevista para sexta-feira (29) uma audiência de conciliação para a desocupação do prédio da Superintendência de Assistência Social da Universidade de São Paulo.

Clique aqui para ouvir o áudio

O prédio está ocupado desde o dia 6 deste mês por um grupo de mulheres estudantes, que moram no alojamento estudantil da universidade.

Leia também: Justiça pede acordo entre ocupação e Reitoria (Jornal do Campus – 27/04/2016)

As estudantes afirmam que decidiram ocupar o prédio porque a Superintendência de Assistência Social teria se omitido em investigar os casos de violência contra as estudantes, já denunciados há pelo menos dois anos.

A audiência entre as estudantes que estão na ocupação e os representantes da USP será realizada na 14ª Vara da Fazenda Pública, no Centro da capital paulista.

A USP já entrou na Justiça e aguarda a reintegração de posse do prédio. O pedido foi aceito por decisão liminar do juiz Fernão Borba Franco, da 14ª Vara.

Na decisão, o juiz entendeu que a ocupação causa prejuízos à USP e considerou o ato irregular. As estudantes relatam que não receberam ainda nenhum mandado de reintegração de posse.

Cátia Rodrigues

Acesse no site de origem: Ocupação para denunciar violência contra mulheres é alvo de audiência com a USP (Radioagência Nacional – 27/04/2016)