ONU abre investigação sobre incidentes de violência no Sudão do Sul (Rádio ONU – 17/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Hotel da capital teve episódio com morte, estupros e espancamento de civis por homens uniformizados em julho; secretário-geral recebeu alegações de falta de ação por tropas de paz durante o ataque.

O secretário-geral das Nações Unidas decidiu lançar uma investigação especial independente para determinar as circunstâncias de incidentes violentos ocorridos em Juba, capital do Sudão do Sul.

Ban Ki-moon disse estar alarmado com os resultados preliminares de uma averiguação da Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul, Unmiss, sobre um ataque ao Hotel Terrain, em Juba, em 11 de julho.

Homens Uniformizados

Uma pessoa foi morta e vários civis brutalmente espancados por homens uniformizados.

Outro motivo de preocupação do chefe da ONU são alegações e relatos de que a Missão “não teria respondido de forma adequada para evitar esse e outros casos graves de violência sexual cometidos em Juba”.

Ban reitera que tomou a decisão por causa da “gravidade desses incidentes, das alegações relacionadas e dos resultados preliminares” da operação de paz. A investigação deve avaliar a resposta global da missão.

Mortos

A nota reitera a indignação de Ban com os atos de violência cometidos pelas forças do Exército de Libertação do Povo do Sudão, Spla, e o Spla na oposição em Juba, de 8 a 11 de julho. Muitos civis sul-sudaneses perderam a vida e dois soldados das Nações Unidas foram mortos.

O apelo do chefe da ONU é que uma vez mais, o Governo do Sudão do Sul investigue essas violações dos direitos humanos e leve ao tribunal os envolvidos no que ele chamou de “atos indescritíveis de violência”.

Eleutério Guevane

Acesse no site de origem: ONU abre investigação sobre incidentes de violência no Sudão do Sul (Rádio ONU, 17/08/2016)